Boa sugestão

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), anunciou nesta quinta-feira, a pretensão de unir secretarias de Estado de Turismo e Cultura. A mudança, de acordo com o chefe do executivo estadual, veio através do entendimento das pastas como correlatas. “Nosso Estado tem uma rica tradição histórica e cultural. São atividades que já tem uma interface naturalmente”, justificou Zema.  No caso de Poços de Caldas, melhor seria a fusão da secretaria de Cultura com a Educação, como foi no passado, antes de a divisão ser incorporada ao turismo e depois, no governo do PT, transformada em secretaria.

Fechar Menu