Benefício a setor rural tira R$ 84 bi da reforma

Destaque aprovado por pressão da bancada ruralista na Câmara, na madrugada de ontem, devolveu ao setor agrícola a isenção da cobrança previdenciária sobre exportações. Com isso, a reforma perdeu R$ 84 bilhões da economia prevista em dez anos. Para o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a questão das regras de aposentadoria de policiais deverá ser um dos pontos de maior tensão das discussões no plenário. (Estado)

Fechar Menu