Bate-boca na Câmara

“Homem nenhum grita comigo!”

Foi o que disse ontem a vereadora Maria Cecilia Opipari, durante sessão ordinária da Câmara, ao vereador Pedro Magalhães, após descer da mesa diretora e se dirigir ao colega de legislativo, durante intervalo de dois minutos, para falar sobre um requerimento de sua autoria que estava em discussão. Nesse momento Pedro começou a gritar com a colega que retrucou, dizendo que “homem nenhum grita comigo. Porque você não gritou com os homens?”

O vereador que representa a zona sul, tem se notabilizado nos últimos dias por uma postura de oposição ao governo e ao próprio partido (PSDB) apresentou requerimento endereçado ao prefeito solicitando informações sobre o fato de Poços de Caldas ter sido citada em reportagem do G1 como uma das 27 cidades da região que apresenta contaminação por agrotóxicos na água tratada, distribuída para a população.

O DMAE já divulgou nota oficial esclarecendo que não existe contaminação por agrotóxico além do limite permitido, mas o vereador mostrando desconfiança na afirmação dos técnicos do DMAE, e com a justificativa de que precisa “defender o povo”, afirma no requerimento que a cidade apresenta “os piores índices de contaminação”.

O requerimento provocou polêmica e discussões acaloradas em plenário, onde o vereador, na tentativa de defender seu ponto de vista acabou extrapolando e gritando com a secretária da mesa diretora.

Ao final da discussão, percebendo que o requerimento não seria aprovado, Pedrinho achou por bem retirá-lo de pauta e postou mensagens nas redes sociais como se estivesse defendendo os consumidores.

Há quem diga que o vereador anda fazendo o possível para ser expulso do PSDB, ficando livre para se transferir para o PSL.

Fechar Menu