Portal de Notícias e Web Rádio – CNPJ 44.219.101/0001-23

Uma das ausências notadas foi do vereador Claudiney Marques, do PSDB, mesmo partido do prefeito.Na sessão ordinária de terça-feira ele manifestou descontentamento na articulação da base do prefeito na Câmara e declarou que em protesto votaria a favor de uma moção de apelo, apresentada pelo do vereador Diney Lenon (PT), para que o prefeito utilize parte dos recursos vindo do acordo do governo com a Vale para a área de saúde.

Na reunião da CPI, quando da leitura do relatório, Claudiney afirmou que houve um abalo da moralidade no pagamento de férias não gozadas e que não entendia um gestor público se achar insubstituível. Para ele, havia aí uma certa arrogância e soberba. As duas falas do vereador, em momentos distintos, não foram vistas pelo prefeito como um afastamento do vereador da base de apoio na Câmara. O líder do governo na Câmara, vereador Flávio Togni de Lima e Silva, disse que pretende conversar com os vereadores da base para retomar os entendimentos.