Assembleia de Minas aprova LDO

Os deputados estaduais aprovaram com 50 votos favoráveis e nenhum contrário, na manhã desta quarta-feira a Lei de Diretrizes Orçamentárias do governador Romeu Zema (Novo) para 2020, prevendo um rombo de R$ 11,3 bilhões para o estado no ano que vem.

Com a votação, na prática, os parlamentares ficam liberados para as férias, que só começam oficialmente no dia 18 de julho. Eles garantem, no entanto, que vão continuar os trabalhos. O presidente da Assembleia, deputado Agostinho Patrus afirmou nesta quarta-feira que a Casa vai votar o veto do governador Romeu Zema (Novo) a trechos da reforma administrativa antes do dia 18 de julho.

Fechar Menu