Apertando o cerco

Mesmo enfraquecida e dependente apenas de dois vereadores com assento no legislativo, a oposição deve apertar o cerco contra a administração de agora em diante para marcar posição com vistas a eleição municipal de 2020. Sem as coligações proporcionais, e o desgaste sofrido pela legenda nas últimas eleições, os vereadores do PT (Paulo Tadeu e Ciça) sabem que terão que suar a camisa para que o partido continue representado no legislativo com as duas cadeiras.

Fechar Menu