A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL decidiu na sexta-feira suspender o corte de energia dos consumidores de baixa renda, por inadimplência, em todo o Brasil.A medida vale até 30 de junho, para os consumidores da tarifa social de energia elétrica, contemplando aproximadamente 12 milhões de famílias.“Essa é uma contribuição do setor elétrico para o enfrentamento da pandemia, para atenuar os efeitos dela para os consumidores mais carentes”, disse o diretor-geral da agência, André Pepitone.