Alta adiada

Devido ao acúmulo de líquido na região do intestino operado e a uma febre baixa, já controlada, o presidente Jair Bolsonaro iniciou tratamento à base de antibióticos, o que deve prolongar sua internação no Hospital Albert Einstein pelo menos até segunda que vem. A previsão inicial de alta era para amanhã.

Fechar Menu