Aliado de Aécio recebeu R$ 3,7 mi em propina

O delator Ricardo Assaf, da Operação E o Vento Levou, quarta fase da Operação Descarte, revelou aos investigadores que Dimas Fabiano Toledo, ex-diretor de Furnas e antigo aliado do deputado Aécio Neves, foi beneficiário de R$ 3,7 milhões em espécie de um total de R$ 40 milhões supostamente desviados da Companhia Energética de Minas (Cemig).

Fechar Menu