Alerta de alto risco

A Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo do Senado alertou, há um mês, em extenso relatório, que das 24 mil barragens cadastradas por 31 órgãos fiscalizadores, 723 apresentam alto risco de acidente e apenas 3% foram vistoriadas. “Faltam recursos para a manutenção, para obras de recuperação e para fiscalização dos equipamentos de segurança”, resume. O documento cita dados da Agência Nacional de Águas (ANA) que mostram que em Minas Gerais, onde rompeu ontem a barragem em Brumadinho, outras cinco apresentam “nível de preocupação”.

Fechar Menu