O responsável pelo DMAE esclareceu também que a Represa Bortolan é de responsabilidade do DME, mas com relação aos aguapés, Paulinho informou que o problema cabe a aquele departamento, porque ainda existe o lançamento de esgoto na represa vindo de residências localizadas às margens da represa. E o esgoto é extremamente favorável para a geração dos aguapés, informou Paulinho, comunicando que está sendo feito um levantamento e fiscalização para descobrir a origem da poluição.

“Tivemos um problema na elevatória do Kennedy de lançamento de esgoto, que já foi corrigido e o próprio DME nos notificou, apresentamos um relatório também ao Departamento de Meio Ambiente, que contribuiu para que isso fosse controlado”, explicou. Paulinho esclareceu que o objetivo do não é esconder suas dificuldades e que precisa fiscalizar quem são os moradores do Bortolan que ainda estão lançando esgoto na represa. “As consequências dos aguapés são para o DME, mas a responsabilidade é do DMAE e estamos trabalhando para resolver definitivamente este problema”, garantiu.