Agora vai?

A construção de um prédio para concentrar todas as repartições públicas municipais em um só lugar e com isso facilitar não só o acesso ao público, mas também promover a descentralização desses serviços da área central e com isso melhorar o trânsito e principalmente aliviar os cofres municipais com o pagamento de aluguéis é uma meta que vem sendo perseguida há várias administrações.

A que chegou mais perto de concretizar esse antigo projeto foi o prefeito Sebastião Navarro na sua segunda passagem pelo comando do executivo, quando desapropriou área na zona sul onde o município chegou a investir quase 4 milhões de reais em infraestrutura para abrigar naquele local não só o Centro Administrativo, mas também o novo Fórum, a sede do DMAE, além do prédio da Justiça do Trabalho.

A iniciativa não foi adiante porque na gestão o prefeito Paulo Cesar Silva não deu sequência ao projeto e seu sucessor,Eloisio Lourenço abandonou de vez a área na zona sul, cedendo um terreno do município para a construção do novo Fórum no Jardim Country Club, local impróprio para este tipo de construção, mas que foi confirmado pelo seu sucessor, Sérgio Azevedo. A obra foi iniciada e abandonada, faz um bom tempo.

Neste seu segundo mandato, o prefeito Sérgio Azevedo retomou a necessidade da construção do Centro Administrativo nomeando, através da Portaria 4.431, publicada na edição de segunda-feira no diário oficial, uma comissão formada com a presidência do secretário de governo Celso Donato, com o objetivo de sanar osproblemas de funcionamento interno da administração.

Esta comissão terá como principal tarefa elaborar e apresentar, no prazo de 60dias, relatório circunstanciado com diretrizes e/ou minutas deprojetos necessários à implantação do Centro Administrativo daPrefeitura.

Integram a referida comissão, além do secretário de governo, Weruska Fernanda Mello Bócoli; da Secretaria de Planejamento, mais Glauco Claret Ribeiro, da Secretaria de Desenvolvimento e Trabalho; o engenheiro Everaldo de Oliveira Melo, da Secretaria de Obras: Thiago de Paula Mariano titular da Sedet; Marcos Rogério Alvim eMarcelo Loichate do Grupo DME e Paulo Cesar Silva, representando o DMAE.

Fechar Menu