O presidente da Comissão de Constituição e Justiça, Lucas Arruda, convocou uma reunião extraordinária para a manhã de ontem para analisar o processado legislativo de autoria do executivo, em regime de urgência, que trata do projeto de lei que ratifica o protocolo de intenções firmado entre municípios brasileiros com a finalidade de adquirir vacinas para o combate da pandemia do coronavírus, medicamentos, insumos e equipamentos na área da saúde.

O relator foi o próprio vereador Lucas, cujo parecer foi favorável pela aprovação. O objetivo foi deixar o processado pronto para votação já na sessão ordinária desta terça-feira. Lucas explicou que a Câmara votando, caberá o prefeito Sérgio Azevedo sancioná-la e encaminhá-la ao consórcio. Disponibilizadas as vacinas, o consórcio poderá adquiri-las e disponibilizá-las com maior rapidez para a população dos municípios participantes desta frente de prefeitos mineiros.