Acusado de peculato

A procuradora-geral da República , Raquel Dodge, apresentou nesta quarta-feira (29) ao Supremo Tribunal Federal (STF) denúncia contra o senador licenciado Fernando Collor pelo crime de peculato.

Ele é acusado de atuar para que a BR Distribuidora fechasse três contratos fraudulentos com a empresa Laginha Agro Industrial, de seu amigo e aliado político João Lyra, que encontrava-se à beira da falência. O crime teria sido cometido em 2010, quando Collor era filiado ao PDT, partido pelo qual foi candidato derrotado ao governo de Alagoas.

Fechar Menu