Ao ser ouvido ontem sobre o recebimento de férias no final do mandato, o ex-prefeito Flávio Faria respondeu não sabia. “Nunca houve, nem verbalmente”, garantiu. O relator da comissão, vereador Diney Lennon lembrou que a secretária de Administração, declarou na CPI que os secretários eram notificados verbalmente. “Eu desconheço esta notificação. Se teve isso em alguma reunião, em algum momento, eu não me recordo e não participei”, afirmou Flávio, garantindo que no seu caso específico nunca houve. O relator perguntou ainda se ele tinha conhecimento de algum secretário notificado verbalmente sobre acúmulo de férias. “Não. Eu não me recordo, em momento algum, de alguma conversa dos secretários, gestores de pastas, sobre este assunto. Esta questão de férias, quando era tratada, era diretamente com o prefeito”, informou.