A Associação Comercial, Industrial e Agropecuária (ACIA) encaminhou documento à Câmara, intitulado “Demandas para estacionamento rotativo – Zona Azul – onde informa que tem recebido inúmeras reclamações de empresários e usuários do sistema e que por isso propõe algumas adequações no contrato vigente. Entre elas que havendo crédito do usuário no aplicativo, nos casos em que o veículo ultrapassar o tempo, que os agentes debitem no crédito ao invés de autuar e ainda gerar a possibilidade de multa.

“A justificativa é que nem sempre o aplicativo ou o iToken estão operantes ou não há naquele momento um agente, ou o usuário não tem condições de sair de uma reunião ou situação em que se encontra para resolver a pendência”, afirma associação dos comerciantes e empresários. Sugere ainda a criação de um selo mensal, para ser fixado nos párabrisas ficando o veículo liberado do pagamento durante um mmês.por todo o mês.

A associação sugere também o aumento dos espaços nos bolsões para motos para evitar que ocupem as vagas destinadas aos automóveis, que segundo a associação, tem ocorrido com frequência. Pede a liberação de estacionamento rotativo para os sábados após às 13 horas para atender turistas e consumidores da região, que fazem compras no comércio local, passam por constrangimento pela falta de informações sobre o regulamento do sistema rotativo.

A ACIA pede ainda que seja desvinculada a placa com o número da vaga, porque assim como em outras cidades, se o usuário está com o pagamento válido poderá permanecer na vaga, lembrando que sair de um lugar e ir para outro ocupa espaço da mesma forma. A ACIA informou que o assunto já foi levado ao executivo, sem nenhuma providência, e por esse motivo está pleiteando a intervenção dos vereadores.

O presidente da Câmara, Marcelo Heitor, informou que será encaminhada uma cópia do documento para o prefeito e que serão feitas cobranças necessárias para que a empresa ExpSmart Parking possa apresentar um bom serviço para a comunidade.