Desde o início de junho, com a chegada do frio, a Secretaria Municipal de Promoção Social intensificou o trabalho de abordagem e busca ativa da população em situação de rua na cidade. A meta é que todas as pessoas sejam encaminhadas aos abrigos institucionais, pelo menos durante a noite, período em que o frio é mais intenso.

O Serviço de Abordagem Social é o responsável pelo atendimento da população em situação de rua e funciona 24 horas por dia. As equipes abordam as pessoas nas ruas, na tentativa de convencê-las a aceitar o acolhimento. Quando a resposta é positiva, a pessoa em situação de rua é levada a um dos abrigos institucionais parceiros da Secretaria Municipal de Promoção Social, onde é possível contar com higienização, alimentação, roupas e local adequado para dormir.

Hoje, o município trabalha em colaboração com duas casas de passagem e dois abrigos permanentes. “Especialmente agora no inverno, temos intensificado o trabalho de abordagem e busca ativa com a população em situação de rua. O serviço é oferecido, mas a adesão é voluntária, ou seja, depende da pessoa em situação de rua aceitar ou não. Com o frio, as equipes utilizam todas as estratégias de convencimento para que, pelo menos, as pessoas pernoitem nos abrigos institucionais”, destaca o secretário municipal de Promoção Social, Carlos Eduardo Almeida.

Trabalho em rede

A rede de atendimento que tem como porta de entrada o Serviço de Abordagem Social, conta com o Centro POP, local onde é possível tomar banho, lavar roupas, se alimentar, participar de oficinas de convivência e passar por atendimento de psicólogos e assistentes sociais, além do encaminhamento aos abrigos e casas de passagem, Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) e Consultório na Rua.

Como ajudar?

A população pode ajudar não dando esmolas e acionando a equipe de abordagem pelos telefones 156 e 3697-2645. É importante enfatizar que doações de agasalhos e cobertores devem ser feitas aos serviços de acolhimento e campanhas do agasalho e não diretamente às pessoas porque isso incentiva a permanência nas ruas.

Se você ainda não participou da Campanha do Agasalho 2021, esta é a hora de doar agasalhos e cobertores em bom estado de conservação e ajudar a quem tem frio. Em Poços, as doações podem ser entregues em um dos quatro pontos fixos de arrecadação:

Espaço Cultural da Urca – Praça Getúlio Vargas, s/n – Centro;

Secretaria de Promoção Social – Av. Mansur Frayha, s/n – Jardim Elizabete (prédio da Rodoviária);

Sede da Coopoços – Rua Rio Grande do Norte, 75 – Centro;

Academia da Coopoços – Rua Espírito Santo, 134 – Centro.