* A maioria dos secretários municipais participou, na noite de ontem, junto com o prefeito Sérgio Azevedo, de reunião com os moradores do bairro Santa Augusta. “Fiz questão de levar quase todos secretários para que eles soubessem diretamente as demandas do bairro para que possam atender com maior agilidade. Segurança, melhorias no trânsito, atendimento nas unidades de saúde e limpeza pública estiveram em pauta e as sugestões serão atendidas pela nossa equipe. Muito bom este contato próximo com a população e a troca de ideias”, garantiu o prefeito.

* Para alegria dos politicos menos honestos, o Senado confirmou o afrouxamento da lei que pune crimes de improbidade administrativa. O argumento utilizado pelos deputados e agora pelos senadores é de que o crime só ocorre quando ele é intencional. Portanto o roubo agora só vira crime se ficar provado que a intenção era mesmo de roubar. Roubar sem querer pode.

* Acostumados a publicar diariamente comentários nos grupos de whatsapp como os da Folha Popular e Poços Hoje e Amanhã, os críticos e fofoqueiros de plantão permaneceram mudos ontem, durante a tarde e início da noite em consequência da pane global do que deixou todos sem acesso ao facebook, instragam e whatsapp. Muita gente sentiu falta.

* Segundo pesquisa de intenção de voto realizada pelo Instituto Opus, em parceria com o Estado de Minas, a maioria dos eleitores mineiros reprova a gestão bolsonarista.De acordo com os dados coletados, a reprovação do atual presidente da República chega a 57% entre a população do estado.

* Pesquisa do Datatempo mostra que Romeu Zema mantém liderança folgada na disputa pelo governo de Minas em 2022. O governador tem o dobro de intenções de votos do principal adversário, o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD). Apesar de liderar o levantamento com folga, em comparação com a primeira pesquisa, realizada em julho, Zema teve uma ligeira queda, acima da margem de erro. Já Kalil se manteve estável.

* Pesquisa do mesmo instituto também indica que a maioria dos prefeitos mineiros é bem avaliada pela população dos seus municípios. Na região sul do Estado, 66,1% dos moradores dessas cidades, dentre elas Poços de Caldas, avaliam como sendo boas as administrações municipais, mostra a pesquisa do Datatempo publicada hoje.

* Há quem diga que esta agenda positiva programada pelo prefeito para durar um bom tempo tem como pano de fundo avaliar a possibilidade de uma candidatura do alcaide a deputado federal. Se as pesquisas encomendadas para consumo interno indicarem que o chefe do executivo é bem avaliado pelos eleitores. Ele até pode ir para o “sacrifício”, interrompendo seu mandato para disputar a eleição, tudo em nome da cidade e da região que estão sem representante em Brasília.