Portal de Notícias e Web Rádio 

* Após o episódio desgastante provocado pelo vereador Claudiney Marques (DEM), acusado de fazer apologia ao nazismo e fascismo, o presidente da Câmara, Marcelo Heitor (PSC), está às voltas com o desentendimento provocado pela entrevista do vereador Kleber Silva (Novo) que fez críticas contra seus colegas de legislativo Regina Cioffi (PP), Marcelo Heitor (PSC) e Lucas Arruda (Rede), sem nenhum fundamento, sendo acusado nas redes sociais até mesmo de misoginia, Ontem pela manhã o presidente do legislativo não conseguia disfarçar seu descontentamento com a postura do representante do Novo.

* São fatos negativos, provocados por vereadores inexperientes e que acabam desgastando o Poder Legislativo em prejuízo dos 15 vereadores que tiveram um bom início de legislatura mas começaram um segundo semestre de muita polêmica, e se as coisas continuarem dessa maneira, a renovação que aconteceu na eleição de 2020, poderá se repetir em 2024.

* A vereadora Regina Cioffi, usou a tribuna ontem e mesmo sem citar nome, mandou um recado direto ao vereador Kleber Silva (Novo), que a criticou durante entrevista ao repórter Silas Lafaiete na Master Web Rádio. Comparou, mesmo de forma indireta, o vereador que a ofendeu a um mau político. A carapuça foi na medida certa.

* Para entender a polêmica causada pelo descredenciamento do hospital Santa Lúcia para atendimento de urgência nos casos de infarto, derrame e AVC, segundo a nota explicativa da Santa Casa, se permanecer a decisão da Secretaria de Estado de Saúde, este tipo de serviço passaria a ser prestado pela Santa Casa, mas o Santa Lúcia continuaria como Hospital do Coração para a realização de cirurgias, caso essas se façam necessárias. É isso.

* O vereador Kleber Silva (Novo), informou na sessão de ontem, que viaja nesta quarta-feira, para Belo Horizonte onde já tem agendados encontros com os secretários de saúde e de governo de Romeu Zema. Vai tratar do assunto que envolve a retirada do setor de urgência e emergência do Hospital Santa Lúcia para pacientes cardiológicos. Como se diz importante e que sua posição na Câmara de Poços pode influenciar até mesmo votos dos deputados do seu partido na Câmara Federal, pode ser que consiga alcançar o objetivo que no caso seria a manutenção do setor de urgência para pacientes cardíacos no hospital Santa Lúcia. Entre os colegas Kleber já é chamado de pai-de-santo, porque fica sabendo de tudo com antecedência.