* A conta de luz vai continuar pesando no bolso dos brasileiros em setembro. A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) anunciou nesta sexta-feira que a bandeira tarifária continuará sendo a vermelha patamar 2, com custo adicional de R$ 9,49 a cada 100 kWh (quilowatts-hora).

* Como o Conselho Municipal de Turismo decidiu se manifestar pelo Blog a respeito de sua atuação, entendemos isso como um bom sinal, uma vez que a secretaria de turismo (comunicação), não divulga a o que acontece nas suas reuniões, deixando a impressão de que o COMTUR está inativo diante do que vem acontecendo no setor.

* Para as próximas reuniões, sugerimos aos conselheiros que se manifestem também sobre a demora na privatização dos pontos de passeio; o abandono de alguns locais turísticos e quais as providências tomadas pela secretaria para a reconstrução da Casa de Chá, paralisação do teleférico que está abandonado, sem manutenção e exposto ao tempo. Poderiam os conselheiros também analisar a quantas andam a licitação para a reabertura do Café Concerto e a desocupação do restaurante Véu das Noivas para que ele possa funcionar na sua forma original.

* Aproveitando, seria importante saber do COMTUR se os conselheiros concordam com a declaração dada pelo prefeito Sérgio Azevedo quando disse que os turistas visitam Poços mais pelo seu clima e pela gastronomia e não pelos atrativos dos pontos de passeio. E se informar também sobre a demora na prometida terceirização dos pontos turísticos, cujos preparativos para a licitação tiveram início no segundo ano do mandato anterior.

* E como colaboração para a pauta das próximas reuniões, sugiro acrescentar o que os conselheiros acham que deveria ser feito com o Monotrilho (agora é propriedade do município), colocar em discussão o aproveitamento do termalismo como outra atração turística e principalmente qual a opinião de todos sobre o cancelamento dos eventos que constavam do calendário oficial do turismo, entre eles a Sinfonia das Águas, Festa Uai, Festa das Nações, Julhofest e outros.

* No próximo tour dos conselheiros pelos pontos turísticos, sugiro uma parada no Pálace Casino para conhecer o teatro, restaurado na sua forma original e em parceria com os responsáveis pelo prédio, trabalhar no sentido de incluir o amplo e maravilhoso teatro no circuito teatral das grandes peças apresentadas no circuito Rio/São Paulo, reativado após a pandemia.

* Uma boa ação dos conselheiros também seria convidar o deputado poços-caldense Mauro Tramonte, presidente da comissão de turismo na Assembleia para uma palestra e pleitear do deputado a apresentação de uma emenda liberando recursos para a reconstrução da Casa de Chá no Recanto Japonês.

* Entendo que elaborar um Plano de Turismo, como o que está contratado, sem preparar devidamente a cidade para recepcionar os visitantes não é uma boa coisa e quem deveria, na verdade, sugerir ações de melhoria no turismo receptivo deveria ser o COMTUR, que afinal de contas foi criado com a finalidade de analisar e aconselhar a secretaria nas ações que são de sua responsabilidade.