Portal de Notícias e Web Rádio – CNPJ 44.219.101/0001-23

* Não é aconselhável convidar para a mesma mesa os ex-prefeitos Luiz Antonio Batista e o Paulinho Courominas. Como ex-diretor do DMAE, o primeiro fez críticas ao segundo, que é o atual diretor da autarquia pela falta de investimentos, prevendo falta de água na zona leste a partir do mês de outubro. Paulinho esteve na Câmara e em conversa com os vereadores deu o troco, dizendo que como ex-diretor do DMAE, Luiz Antonio deveria saber o que fala.

* A resposta veio no grupo de whatsapp da Folha Popular em uma postagem onde Luiz Antonio diz que o atual diretor era crítico ferrenho do prefeito Sérgio e trocou o silêncio pelo cargo e aproveitou para convidar Courominas para um debate público para ver quem sabe mais sobre a autarquia de responsável pelo abastecimento de água tratada e esgotamento sanitário.

* O bate-boca entre os dois alcaides promete esquentar o ambiente político que por sinal anda morno e sem muitas emoções. Uma sugestão: para dirimir as dúvidas, os nobres vereadores deveriam convidar os dois ex-alcaides para um tête-à-tête na Câmara para saber qual deles está com a razão.

* Sobre a informação de uma possível vinda do governador Romeu Zema a Poços na próxima semana, o coordenador regional do partido Novo, André Vilas Boas, esclarece que não existe nenhuma movimentação nesse sentido e que caso o governador tivesse agendado uma visita por aqui ele seria o primeiro a ser informado sobre a visita. No entanto, durante entrevista no programa Café Interativo o prefeito confirmou que o governador pode sim, vir a Poços no início de setembro para anunciar a instalação de uma grande indústria na cidade.

* Por falar no Novo, a volta do vice-governador Paulo Brandt ao PSDB é um forte indicativo de que a legenda deve caminhar com Romeu Zema na eleição de 2022. Isso significa que dificilmente haveria dois candidatos a deputado federal da mesma coligação em Poços, leia-se Celso Donato (PSDB) e André Vilas Boas (Novo). Um dos dois teria que ceder para um não atrapalhar o outro.

* Ainda sobre pré-candidaturas a deputado federal, uma fonte que sabe das coisas garante que o vereador Lucas Arruda está articulando para ser o candidato da Rede a Câmara Federal. Se a informação se concretizar teríamos (por enquanto), como pré-candidatos a deputado federal na cidade: Celso Donato (PSDB), André Vilas Boas (Novo), Lucas Arruda (Rede) mais YulaMerola (por enquanto sem partido), além de uma porção de candidatos de fora que já estendem seus tentáculos sobre o eleitorado local, até porque o território está livre.

* Com isso, Poços pode, mais uma vez, ficar sem representação em Brasília e continuar sem representação também na Assembleia Legislativa, embora tenha no deputado Mauro Tramonte um representante mais preocupado com a região metropolitana de Belo Horizonte onde tem forte atuação. Foi-se o tempo em que a cidade contava com grandes lideranças, capazes de aglutinar forças, não só em Poços, mas em toda a região. Por esse motivo a cidade perdeu protagonismo e deixou de ser o município mais importante do Sul de Minas.