711 inscritos no Cadastro da Habitação

A Secretaria Municipal de Promoção Social de Poços de Caldas realizou, no último final de semana, a hierarquização dos inscritos do Cadastro da Habitação. O processo visa estabelecer uma ordem de envio da documentação dos cadastrados considerados aptos à Caixa Econômica Federal, que fará nova análise e a seleção das pessoas que serão contempladas com os apartamentos dos Residenciais Sonho Dourado I e II, dentro do programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal.

Durante todo o dia, no sábado e domingo, a equipe da Secretaria de Promoção Social e representantes dos conselhos municipais de direitos estiveram no campus do Instituto Federal do Sul de Minas, na zona sul, para a realização do processo. Essa é mais uma etapa para a seleção daqueles que serão contemplados com 390 unidades habitacionais nos Residenciais Sonho Dourado I e II, no Jardim Esperança, na região sul, dentro do Programa Minha Casa Minha Vida – Faixa 1. Os residenciais já têm cerca de 80% das obras concluídas.

Participaram do procedimento, 711 inscritos no programa habitacional nos anos de 1990, 1995, 2002 e 2009, que realizaram a atualização cadastral entre 2017 e 2019 e que estão dentro dos critérios estabelecidos em lei. É importante destacar que a participação no processo de hierarquização NÃO indica que o inscrito foi contemplado.

Transparência

Os inscritos foram divididos por grupo, de acordo com o número de critérios alcançados. No total, são considerados seis critérios na análise, sendo três nacionais (residir em área de risco, mulheres que são chefe de família e pessoa com deficiência) e três municipais (família monoparental, residente há 10 anos no município e portador de doença crônica incapacitante para o trabalho).

O Grupo I reúne os cadastrados que possuem de 4 a 6 critérios. Para este grupo, são destinados 60% dos imóveis. Já o Grupo II é composto por inscritos que cumprem 3 ou 2 critérios. Para esse grupo, são destinados 25% dos apartamentos. O Grupo III é formado por inscritos que possuem apenas um critério (para este grupo serão destinados 15% dos imóveis). Desse total, serão destinados 5% dos imóveis para idosos e mais 5% para deficientes físicos inscritos e aptos no Cadastro de Habitação.

Fechar Menu