* Previsão de um ex-diretor do Departamento Municipal de Água e Esgoto (DMAE), que conhece a fundo a autarquia municipal: na segunda quinzena de outubro vai começar a faltar água na região leste da cidade, mas não é pela falta de chuva, apesar de que as reservas estarão bem baixas.

A falta (desabastecimento) de água tratada será pela não execução do reforço que precisaria ter sido feito interligando a ETA 1 (São Benedito), através de uma nova adutora, com a ETA V. Esta obra teve financiamento junto à Caixa Econômica Federal autorizado pela Câmara em 2018 (ou 2019) mas pela falta de CND da Prefeitura o contrato de financiamento não foi efetivado e a obra não executada. As consequências vão surgir com a chegada do verão, quando o consumo aumenta bastante.

* O vereador Marcelo Heitor anda preocupado, com muita razão, com o excesso de multas aplicadas pelo agentes, policiais militares e guardas municipais aos motoristas. A própria declaração do secretário Rafael Conte, responsável pelo Demutran, afirmando que as multas por falta do uso de cinto de segurança na área urbana aumentaram mais de 350% é uma mostra do rigor com a fiscalização, assim como as blitzs realizadas pela PM, onde andam guinchando até veículos com pneus com meia vida é outro sinal de que a chamada indústria de multas anda funcionando a todo vapor para engordar os cofres do município e do estado.

* Quem diria que um dia iríamos sentir saudades do Coronel Lima, secretário de Defesa Social no governo do prefeito Eloisio Lourenço, que implantou a zona azul e o sistema de monitoramento eletrônico por câmeras. O vereador Marcelo tem razão em questionar o executivo e exigir explicação para o elevado número de notificações que se transformam em multas. Uma outra coisa que chama a atenção, é o fato de nunca os carteiros conseguir encontrar em suas residências os proprietários dos veículos para receber pessoalmente as notificações. Um fato no mínimo estranho.

* O Partido dos Trabalhadores (PT) local não deve lançar candidato a deputado federal, mas para concorrer a uma vaga na Assembleia Legislativa, com certeza vai escolher algum nome para a disputa. A lógica da estratégia petista é simples, como federal dado ao relacionamento de outras eleições, deve apoiar a reeleição de Odair Cunha. Já para estadual, pode até lançar uma candidata mulher e nesse caso, a preferência seria da ex-vereadora Ciça, que é primeira suplente na Câmara Municipal.

* Cerca de 180 pacientes fazem tratamentos em outras cidades. Se não bastasse o estado de saúde, os pacientes eram obrigados a enfrentar as péssimas condições dos veículos em que eram transportados. A prefeitura recebeu 4 novos veículos que vão oferecer condições dignas a esses pacientes e outros e mais dois veículos que serão utilizados na atenção domiciliar.

* Feito de forma escalonada, tem início nesta segunda-feira a segunda fase do retorno às aulas de forma hibrida das escolas municipais, estaduais e particulares. Desta vez a volta será dos alunos do Jardim I, do 4º e 3º períodos do ensino fundamental I, do 8º ano do ensino fundamental II, 2ª série do ensino médio; do 1º ao 5º ano da educação de jovens e adultos.

* O Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria de votos no julgamento da Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin), movida pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), contra a lei estadual 21.737, de 2015, que proibiu a venda e o consumo de bebida alcoólica nos estádios mineiros. O julgamento virtual, que começou no último dia 6, acontece até esta segunda-feira, mas seis ministros já depositaram seu voto, se posicionando contrários à proibição.