* Nos próximos dias, faltando apenas o chefe do executivo definir a data, será lançada a Agência de Desenvolvimento de Poços de Caldas, uma organização apolítica, cujo principal objetivo será o de promover o desenvolvimento socioeconômico do município e sua microrregião. Um dos propósitos da Agência é transformar o município na melhor cidade para negócios do Sul de Minas Gerais. Com a iniciativa, a cidade poderá recuperar o protagonismo que perdeu nos últimos anos, deixando de ser reconhecido como a capital do sul de Minas.

* O mais importante na criação da Agência de Desenvolvimento está na iniciativa de cinco jovens empresários que representam hoje grandes empresas sediadas no município e que se mostram comprometidos com o desenvolvimento econômico e geração de emprego e renda.

* Esta é a primeira vez que a cidade registra a iniciativa privada se movimentando com vistas a colaborar com o poder público, de forma apolítica e com objetivos definidos através de um projeto a longo prazo que foi desenvolvido pela experiente Amélia Queiroz, secretária executiva da Agência de Desenvolvimento do Leste Paulista e Sul de Minas e cujo currículo comprova sua eficiência na industrialização e desenvolvimento não só em São João da Boa Vista, mas também em outras cidades.

* Os cinco jovens empresários fundadores da Agência de Desenvolvimento de Poços de Caldas, Elias Donato Neto, Cristiano Carvalho Ottoni, Leonardo Curimbaba Ferreira, Leonardo Miguel Severini e LivioTogni que formam a equipe executiva da Agência merecem todo apoio do poder público e aplausos pela brilhante iniciativa.

* A que se ressaltar o fato de que os idealizadores do projeto não querem nada do poder público a não ser o apoio na busca de dados e diálogo permanente uma vez que o objetivo é comum, ou seja, o desenvolvimento planejado da cidade para crescer no setor turístico, industrial e econômico, de forma coletiva, beneficiando toda a população de maneira geral.