* Da Resenha do Expediente da sessão ordinária desta terça-feira, que marca o reinício dos trabalhos legislativos no segundo semestre, constam nada menos do que 73 ofícios encaminhados pela Secretaria de Governo com respostas a requerimentos dos vereadores contendo pedidos de informações sobre ações do executivo.

* Na mesma resenha, no expediente dedicado aos vereadores constam, nada menos do que outros 55 requerimentos com pedidos de informações endereçados ao comando do poder executivo. Com isso, boa parte da sessão será dedicada apenas a leitura das respostas e dos requerimentos com novos pedidos de informações.

* A informação da presidente da Associação de Bares e Restaurantes de Poços de Caldas, Gina Remédio, empresária do ramo, proprietária do Pizza na Roça, dando conta que o mês de julho apresentou uma melhora no movimento deste é um bom indício de que a situação está melhorando, embora continue ainda longe de oferecer segurança para a recuperação do prejuízo registrado com a pandemia.

* Segundo reportagem publicada pelo jornal O Tempo, a pandemia derrubou em 40% a receita da atividade turística de Minas Gerais, onde o setor estava em expansão. Em 2019, o indicador tinha crescido 12%. Em um ano e meio, 4.100 estabelecimentos ligados ao turismo fecharam as portas no Estado, mais de 30 mil pessoas perderam os empregos na área, e o prejuízo financeiro somou R$ 31,2 bilhões. Em meio a tantos números negativos, o setor começa a esboçar uma reação, com retorno da procura por viagens. Hotéis foram inaugurados, bares e restaurantes reabriram, e empreendedores se reinventaram. Uma verdadeira montanha-russa com altos e baixos, mas com um horizonte de melhora.

* A maioria dos brasileiros considera que o governo de Jair Bolsonaro tem envolvimento com atos de corrupção e apoia o impeachment do presidente, segundo uma pesquisa divulgada pelo Instituto Atlas Político nesta segunda-feira (2/8). A pesquisa foi encomendada pelo jornal Valor Econômico.

* O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), oficializou a prorrogação, em três meses, da data limite para o pagamento da bolsa de R$ 600 às famílias em situação de extrema pobreza. Agora, o poder Executivo tem até 1º de novembro para depositar o valor nas contas dos beneficiados. O prazo original vencia em 1° de agosto. O adiamento do prazo consta na edição do último sábado do Diário Oficial do Estado.

* Por meio da Portaria de número 4.475, publicada ontem no diário oficial do município, o prefeito exonerou a sra. Isabel Cristina de Oliveira Carvalho, que vinha exercendo a função de livre nomeação de Coordenadora da Divisão Administrativa da Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Ela foi deslocada para ocupar a Coordenadoria da Divisão Administrativa da Policlinica Central. Na mesma portaria o prefeito exonerou Flávio Pereira Pessoa, desta função para ocupar o antigo cargo de Isabel na UPA. Ainda no mesmo ato, Michele Cristina Bertozzi, foi designada para exercer o cargo em comissão de Diretora geral da UPA.

* Por meio de pregão eletrônico, a prefeitura está contratando uma empresa habilitada para ministrar curso de atualização para os agentes de trânsito, conforme portarias do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). Deveria orientá-los também a multar menos e se possível prestar mais atenção no trânsito ao invés de ficar teclando o celular.