* A boa ligação que a vereadora Regina Cioffi (PP), mantém com o deputado Marcelo Aro, presidente do Partido Progressistas em Minas Gerais pode abrir outra porta para o município junto ao governo federal. Isso porque a Casa Civil agora é dirigida pelo senador Ciro Nogueira, do mesmo partido da vereadora e do deputado, facilitando o agendamento de audiência para tratar de assuntos relacionados a Poços de Caldas. Vale lembrar que a ida do prefeito a Brasília, junto com o secretário de governo Celso Donato, resultou em saldo altamente positivo pelo contato feito com o senador Rodrigo Pacheco e seu diretor de gabinete, Alexandre Silveira.

* A vereadora Regina pode ser a chave para abrir mais uma porta junto ao governo da União, facilitando e destravando ações do governo federal que possam trazer benefícios para a cidade. Como não temos representante (ainda), na Câmara Federal, essas pontes com ocupantes de cargos próximo ao Palácio do Planalto podem facilitar a vida do prefeito Sérgio Azevedo que nos últimos dias vem anunciando boas notícias como resultado da sua ida a Brasília.

* André Vilas Boas, coordenador regional do governo Zema encaminhou ao blog vídeo mostrando como anda a reforma de uma perua Kombi, a “amarelinha”, que será utilizada para o deslocamento de integrantes do partido Novo pela região.

* Dentre as boas noticias que o prefeito divulgou como resultado da sua ida a capital federal está a padronização das calçadas na área central. A última ação nesse sentido foi ainda na gestão do prefeito nomeado Ronaldo Junqueira, quando as calçadas do centro receberam ladrilho conhecido como Copacabana por seguir o mesmo modelo das calçadas da mais famosa praia do Rio de Janeiro.

* Na segunda gestão do prefeito Navarro foi feita a substituição do piso nas calçadas da Praça Pedro Sanches. Os ladrilhos foram substituídos por outro modelo e a escolha foi desastrosa em todos os sentidos. A escolha equivocada e de mau gosto, não é antiderrapante, é liso e já causou a queda de muitas pessoas, principalmente em época de chuva. O DME comprou caixas e mais caixas desse ladrilho, dinheiro desperdiçado porque em matéria de coisa ruim, não existe nada pior.

* O prefeito tem agora a oportunidade de corrigir o erro, trocando o piso das calçadas da área central por um produto melhor e se aceitar sugestão, deveria permanecer com o mesmo ladrilho escolhido pelo prefeito Ronaldo Junqueira, que além de bonito, não saiu de moda, é mais barato e antiderrapante.Fica a sugestão, mas como se sabe, o prefeito é daquele tipo que não gosta de copiar nada do passado. Só não deve repetir o mesmo erro do sucessor e para não correr risco, como bom carioca, deveria optar mesmo é por manter o estilo Copacabana.