* A construção de novas Unidades Básicas de Saúde (UBS), bem como novos Centros de Educação Infantil CEI), devem engordar o quadro de servidores municipais em pelo menos outras 500 contratações, segundo uma fonte que trabalha na Divisão de Pessoal da Prefeitura. O problema é que a receita do Município não cresce na mesma proporção da folha de pagamento e pelo que consta a prefeitura já atingiu o limite considerado prudente com o gasto de pessoal, segundo a LRF.

* Por falar nisso, o déficit orçamentário da prefeitura continua na casa dos 5 milhões ao mês, aliviado pelas transferências dos milhões que vem do DME e agora pela suspensão da retenção dos repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). O problema é que a dívida fundada, assim como as de curto prazo não param de crescer. Até quando a corda esticada vai aguentar, não se sabe.

* Além de dizer que o presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), é o “plano A B e C” do PSD para disputar o Palácio do Planalto, o presidente nacional da legenda, Gilberto Kassab, garante que o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, só não participará da eleição ao governo mineiro se não quiser.

* Como havia prometido ao presidente do sindicato de hotéis, Waldir Miguel, que estava ao lado do senador Anastasia, no domingo à noite, o prefeito Sérgio Azevedo de comum acordo com o comitê da Covid-19, ampliou de 60% para 75% a capacidade máxima para hóspedes nos hotéis da cidade.

* Em entrevista ao UOL, o diretor Pedro Vasconcelos, confirmou que Poços de Caldas foi escolhida, mais uma vez, para ser o cenário de gravações de uma nova novela da Globo. “Além da Ilusão” terá como personagem principal a atriz Larissa Manoela, que será apaixonada pelo mágico, interpretado pelo ator Rafael Vitti. O romance será perseguido pelos pais da menina, sendo que a mãe será protagonizada pela atriz Cláudia Raia. As gravações, que estão atrasadas devido a pandemia, devem iniciar ainda no início deste semestre.

* Pesquisa do instituto Paraná: “O fato de um candidato a Presidente ser gay aumenta, diminui ou não altera sua vontade de votar nele?”. Apenas 5,8% dos entrevistados disseram que “aumenta”, e para a grande maioria (75,9%) o fato “não altera’ a intenção de voto; 13,7% informaram que “diminui”. Outros 4,6% não souberam responder. A pesquisa ouviu 2.033 habitantes de 192 cidades de todos os Estados e DF, de 15 a 19 de julho, em entrevistas pessoais telefônicas não robotizadas.

* O deputado federal, Zé Silva do Solidariedade atendendo solicitação do professor João Alexandre, destinou 100 mil reais de emenda parlamentar para o Hospital Santa Lúcia. O recurso é destinado ao hospital que possui a maior UTI no combate ao Covid-19 do interior de Minas Gerais.