* Um experiente analista que acompanha a politica sulfurosa há anos fez uma observação para o blog. A estratégia de alguns em se lançar candidatos a deputado com pouca chance de se eleger, mas apenas para fazer nome com vistas a disputa pelo comando da prefeitura dois anos depois, é uma estratégia furada. A história política do município mostra que essa estratégia nunca deu certo. Quem perde duas eleições seguidas encontra dificuldades até mesmo para se eleger vereador no futuro.

* O atento observador cita alguns nomes que insistiram em concorrer sem sucesso: Paulo Tadeu, Luiz Antonio Batista, Paulinho Courominas, Regina Cioffi, Eloisio Lourenço e até mesmo Geraldo Thadeu que perdeu duas eleições para prefeito e uma para deputado. Para aqueles que estão nesta situação vai um conselho: é bom pensar no assunto.

* Atendendo convite do Centro Integrado de Desenvolvimento do Esporte Paralímpico, o vereador Wellington Paulista participou de uma reunião no gabinete do vice-prefeito Júlio César, que contou ainda com as participações do secretário de Esportes, Fernando dos Santos e da assessora de atividades esportivas, Marcela Carvalho, momento em que foi sinalizado o interesse de Poços de Caldas de sediar o Festival Olímpico Caixa 2021.

* Geraldo Thadeu informou que solicitou afastamento do conselho da indústria farmacêutica União Química de Pouso Alegre. A empresa, de propriedade do empresário Fernando Marques, tem, em Brasília, outra empresa de biotecnologia avançada e estava em negociação com a Rússia para a produção da vacina contra a convid-19, Sputnik.

* Ao fazer uma avaliação do governo Bolsonaro, Geraldo Thadeu lembrou que foi colega dele por 12 anos, trabalhou junto em comissões, convivia com ele e até participavam juntos de um futebol de deputados que ocorria em um clube de Brasília uma vez por semana. “Eu gosto dele, é amigo, fiquei feliz de vê-lo como presidente da República. O Bolsonaro é bem intencionado, ele é franco, autêntico, não tem meia palavra, não manda recado. O Bolsonaro foi muito penalizado de ter dentro do seu mandato uma pandemia como esta”, lamentou.