Portal de Notícias e Web Rádio 

* Para lembrar, Glaucir chegou a ser sondado para ser o candidato a vice de Sérgio Azevedo na disputa pela reeleição. Como teria que se afastar do Ministério Público e com isso perderia algumas vantagens, o promotor recusou o convite. Para a eleição de 2022 não descarta uma candidatura e além do Novo, deve ser procurado esta semana também por um emissário do deputado Mauro Tramonte, do Republicanos, que também está em busca de um companheiro de chapa para formar dupla como representantes de Poços de Caldas tanto na Assembleia como na Câmara Federal.

* A vereadora Regina Cioffi(PP) destacou a importância e o direito que os vereadores têm de voto. “Quero destacar a importância de se respeitar nesta Casa as nossas posições. Todas as vezes que não é compatível com algumas posições aqui dentro nós somos acusados de blindar o executivo. Isso está ficando insuportável, porque temos o direito de tomar posição. Todos temos a liberdade de votarmos om a nossa consciência e entendimento, sem sermos achincalhados fora desta Casa”, defendeu a vereadora.

* Já o seu colega, o vereador Roberto dos Santos (Republicanos), destacou que na Câmara se perde e se ganha e que os vereadores precisam aprender a ganhar e perder, “sem espernear, sem fazer birra, porque é um jogo, um dia se ganha e outro se perde”. Para ele, o respeito a todos é importantíssimo, principalmente aos eleitores que “não precisam ficar ouvindo baboseira de gente chorando, esperneando por não concordar com o voto”, disse Roberto Santos.

* O prefeito Sérgio Azevedo afirmou ontem que fica sempre imaginando a dificuldade que as crianças e os pais estão passando neste momento em que as aulas presenciais estão interrompidas. “Estamos trabalhando muito para que tenhamos, na primeira semana de agosto, a possibilidade de voltarmos no sistema híbrido. Estamos avaliando diariamente os números da pandemia em Poços e esperamos que até lá a situação esteja melhor para que seja possível esta volta às aulas presenciais com segurança”, garantiu o prefeito.

* O governo de Minas Gerais recebeu autorização para compra da vacina contra Covid-19 Sputnik V, da estatal russa Gamaleya, nesta segunda-feira. O processo foi analisado pela Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e comunicado ao Estado. O Executivo informa que “inicialmente” comprará 428 mil doses do imunizante, que pode imunizar cerca de 214 mil mineiros com duas aplicações.

* A Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa aprovou na manhã de ontem a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que pode destravar os R$ 11 bilhões do acordo da Vale. Segundo informações do deputado Mauro Tramonte ao blog, a PEC, apresentada na última quarta-feira visa ao repasse de mais R$ 1,5 bilhão diretamente à conta dos 853 municípios de Minas. “Poços será beneficiada com R$ 7 milhões”, informou Tramonte, um dos 32 deputados que assinaram a PEC, e insistem no repasse aos municípios de forma direta, sem burocracia.

* Segundo estudo da Universidade Federal de Alfenas (Unifal), a taxa de contágio por coronavírus no Sul de Minas é 67% maior que em todo estado de Minas Gerais. No estado, desde a última semana, há estabilidade. A pesquisa aponta que a Região Sul continua sendo a mais atingida pela pandemia em Minas.