Portal de Notícias e Web Rádio 

* E os bastidores da política sulfurosa continuam movimentados com a janela que permite a troca de partidos para os vereadores até sexta-feira. Ontem o presidente do PSDB Nilton Junqueira, informou ao blog que o vereador Wellington Guimarães, o Paulista, assinou ficha de filiação no partido. Paulista estava filiado no União Brasil e dizem que sua saída da legenda está ligada a filiação da pastora Mel, que será candidata a vereadora.

* Pelos lados do PSDB a mudança não ficou apenas na filiação do vereador Paulista. Segundo consta, Ricardo Sabino, vereador tucano está deixando a legenda para se filiar no PL, partido do ex-presidente Bolsonaro, que tem na presidência em Poços o também vereador Marcelo Heitor. Mas até ontem, Sabino não tinha assinado ficha, participou de uma reunião com Demilton Vacarelli, do Republicanos que também deseja contar com Ricardo Sabino na sua chapa de candidatos a vereadores.

* Nas conversas em off, foi levantada a possibilidade de o vereador Paulista, agora filiado no PSDB, ser indicado como o candidato a vice de Paulo Ney, que está de malas prontas para deixar o ninho tucano e se filiar no União Brasil. Se isso acontecer, Marcelo Heitor não será o vice e as coisas podem se complicar porque Marcelo já andou conversando com Ulisses Guimarães (MDB), para ser o vice na sua chapa.

* O secretário adjunto da Secretaria de Serviços Públicos, Anderson Roberto dos Santos, está deixando o cargo para se candidatar a vereador pelo Avante. Para o seu lugar o prefeito Sérgio Azevedo deve nomear o atual responsável pela comunicação, Antonio Donizetti Albino.

* Neste caso, o secretário de governo Paulo Ney de Castro Júnior acumularia também a pasta da comunicação pelos próximos dois meses, quando irá se desincompatibilizar para ser candidato a prefeito. Donizetti já foi titular dos serviços públicos, onde se deu muito bem. Já como secretário de comunicação, não teve o mesmo desempenho.

* E para colocar um fim nas especulações, o vereador petista Diney Lenon publicou mensagem nas redes sociais, informando que não será candidato a prefeito pelo Partido dos Trabalhadores. Prefere tentar um segundo mandato na Câmara Federal. Com Diney fora, especula-se que Tiago Mafra será o indicado, ou até mesmo Cacá D’arcádia, filha do ex-prefeito Paulo Tadeu.