* Sábado na feira livre o assunto que dominou as conversas entre feirantes e as pessoas que faziam compras era uma só: a restrição imposta pelo comitê que gerencia a pandemia ao comércio. E todos com o mesmo discurso: Nos hospitais o número de pacientes residentes em Poços é mínimo, coisa de 30%, o resto vem de fora. Que culpa nós temos se nas outras cidades eles não cumprem as regras sanitárias? Andradas foi a cidade mais citada pelos que reclamavam.

* Pelo menos até aqui, o ambiente entre os 15 vereadores que tem assento na Câmara Municipal é de camaradagem e respeito mútuo ne troca de informações. Segundo um dos quatro vereadores reeleitos, o ambiente é muito diferente da legislatura passada quando alguns vereadores (e vereadora) viviam às turras com ofensas até mesmo pessoais contra colegas de legislativo. Deu no que deu.

* Mauro Tramonte disse que tem defendido, na Assembleia Legislativa medidas mais duras para evitar e punir a prática de fura-fila na vacinação contra a Covid em Minas. “Assinei a CPI do Fura-Fila para apurar as denúncias que envolvem a vacinação de servidores da Secretaria Estadual de Saúde, inclusive do agora ex-secretário da pasta. E, em janeiro, apresentei o projeto de lei para multar e punir quem furar-fila da vacina e, até mesmo com a exoneração do servidor que facilitar ou se beneficiar com o ato”, informou o parlamentar.

* Esta semana deve ser protocolado ofício endereçado ao prefeito Sérgio Azevedo solicitando que o chefe do executivo coloque para apreciação do comitê de gerenciamento da pandemia a possibilidade de antecipar a vacinação para pessoas com problemas pulmonares como silicose, efizema e outros problemas respiratórios, independentes da idade uma vez que a contaminação pelo coronavirus por essas pessoas aumenta em muito o risco de vida.

* Do leitor Samuel Campos Ferreira: “Tá um trem fora da linha! Tem vagão em frente ao Cenacon e na estação ferroviária, tem bicicletinha!!!”

* Foi prorrogado para 31 de março o prazo, que se encerraria nesta segunda-feira, para aqueles que queiram manifestar interesse em participar do sorteio de lotes remanescentes da Vila Matilde. De acordo com o edital do Diário Oficial do município, a ampliação do prazo se deu devido a grande procura por pessoas interessadas em participar do processo. Ao todo serão 31 lotes, com reserva de 5% para atender idosos e 5% a pessoas com deficiência. Podem participar todos os inscritos no Plano Municipal de Habitação Popular.