Portal de Notícias e Web Rádio – CNPJ 44.219.101/0001-23

* Como parte do projeto governo lança, nesta terça-feira, o selo “Evento Seguro”, certificação de segurança sanitária para eventos de qualquer natureza no Estado, como shows e festas de casamento. A iniciativa é parte do projeto de incentivo e poderá ser solicitado por empresas e por realizadores independentes de eventos a partir desta terça à Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult) e não tem caráter obrigatório — isto é, eventos poderão continuar ocorrendo sem a certificação, desde que cumpram as regras do programa Minas Consciente ou as determinações locais de cada município.

* Inscrito em segunda discussão, está o projeto de autoria do vereador Silvio de Assis, também com pareceres das comissões pela aprovação e que dispõe sobre a instalação de câmeras de monitoramento nas escolas públicas municipais e cercanias, na tentativa de diminuir a onda de arrombamentos e furtos nestes estabelecimentos.

* O pároco da Basílica Nossa Senhora da Saúde, padre Francisco Carlos Pereira, recebeu alta hospitalar na manhã de ontem, depois de permanecer 4 dias internados com covid em um hospital particular da cidade.  Ele foi internado no último dia 6 após ter passado por uma tomografia que detectou que ele tinha um comprometimento pulmonar em razão da doença. A internação foi a pedido de seu médico, embora o padre, através de nota, tivesse informado que se sentia bem e sem sintomas fortes da covid.

* Em entrevista ao jornal O Tempo, o ex-deputado Marcus Pestana, um mdos coordenadores das prévias para escolha dos candidatos do PSDB nas próximas eleições, disse que a legenda possui vários nomes para concorrer a presidência, mas nenhum para governar o Estado.

* E adiantou que como o PSDB dá sustentação ao governo Zema na Assembleia Legislativa, existe um indicativo de que o partido poderá caminhar junto com o atual governador na sua tentativa de reeleição.

* Por aqui, embora o PSDB já tenha praticamente definido lançar candidatos a deputado (estadual e federal), também existe um alinhamento com o pessoal do partido Novo, que também fala em lançar candidaturas próprias. Tanto assim que dias atrás, o coordenador da legenda e pré-candidato a deputado estadual, Andé Vilas Boas, foi convidado a desistir da candidatura para assumir cargo na administração municipal.