Portal de Notícias e Web Rádio 

* Pela audiência e o número de participações, no programa Papo Sob Medida, ontem, quando esteve presente o ex-prefeito Paulo Tadeu (PT), deu para perceber que a oposição ganhou um novo gás com a vitória de Lula e o grupo de oposição ao governo municipal está animado, se preparando para as eleições de 2024. Como Sérgio Azevedo, vencedor das duas últimas eleições está fora da disputa, a animação é ainda maior.

* Pelos lados da situação, o presidente do União Brasil, Tiago Cavelagna, articula uma chapa tendo Tio Júlio como candidato a prefeito e Celso Donato na vice. O problema está em convencer o deputado eleito, Rodrigo Lopes, de que o vereador Douglas Dofu, seu representante em Poços ficará fora da chapa. Além do deputado estadual será preciso convencer também o deputado federal eleito, Rafael Simões, comandante da legenda na região e amigo de longa data de Glaucir Antunes, sogro do Dofu.

* Pela lógica, uma vez que a revitalização da Alameda do Bacon, que passará a se chamar Alameda Poços, prevê a retirada dos trailers de lanches, também deverá ser removido dali o vagão que serve como lanchonete, cuja permanência também fere a legislação municipal. Não faz muito tempo, alguém da administração sugeriu o aluguel do vagão para ser utilizado como bilheteria do teleférico. Seria ilógico, a prefeitura alugar algo que está ocupando o espaço público de maneira irregular.

* Pelo que se vê e ouve, a Secretaria de Cultura se transformou na bola da vez no que diz respeito a denúncias de irregularidades na liberação de recursos públicos. As acusações estão ficando cada dia mais pesadas e já preocupam até o presidente da Câmara, Marcelo Heitor, que apresentou dois requerimentos com pedidos de esclarecimentos ao comando do executivo. O músico Luciano Boca tem feito graves denúncias contra o titular da pasta e sua equipe. E pelo que se comenta em off, vem mais coisa cabeluda por ai.