Portal de Notícias e Web Rádio 

* O vaivém da dupla que comanda a secretaria de saúde trouxe consequências ruins para o governo municipal e colaborou para a perda de mais alguns pontos na popularidade do prefeito. Por outro lado, no entanto, serviu para acordar a tropa e despertar o executivo para a necessidade de maior união no campo da política, o ponto mais vulnerável desta administração.

* Um dos resultados do episódio será a união em torno dos candidatos a deputados do grupo, no caso Celso Donato (federal) e o vereador Flavinho (estadual) apoiados pelos partidos aliados que comandam a prefeitura. Quanto ao Poder Legislativo por absoluta falta de habilidade, o chefe do executivo perdeu a maioria que garantia a aprovação dos seus projetos.

* Nada diferente do que aconteceu no seu primeiro mandato, quando as derrotas eram creditadas as “armações ilimitadas” da dupla Antonio Carlos Pereira (DEM) e Paulo Tadeu (PT). E agora? De quem é a culpa? Tudo indica que é do próprio prefeito que deixa tudo correr solto e só acorda quando é derrotado. Foi assim o caso das instalações das antenas para a telefonia 5G, cuja retirada o alcaide credita a teimosia do então vereador Antonio Carlos Pereira.

* Com o número crescente de casos positivos da Covid-19, municípios da região já adotaram o uso obrigatório das máscaras de proteção facial. Em Pouso Alegre, Santa Rita do Sapucai, Borda da Mata e na vizinha São João da Boa Vista, as prefeituras já determinaram o uso da proteção e pelo que estamos assistindo, não vai demorar para a prefeitura de Poços fazer o mesmo.