Portal de Notícias e Web Rádio 

* Celso Donato continua cumprindo extensa agenda diariamente, mantendo contato com lideranças em cidades da região em busca de apoio para a sua pré-candidatura a deputado federal pelo PSD. Ontem ele esteve em Machado e Poço Fundo. Em Machado se reuniu com Zé Miguel, que foi duas vezes prefeito do município e atualmente ocupa cadeira na Câmara Municipal, seu amigo de longa data e aliado de primeira hora dos tempos em que trabalhou como assessor do deputado Carlos Mosconi. Segundo Celso, a receptividade foi excelente e o encontro abriu as portas para levar a candidatura de Donato, além de Machado, também para a vizinha cidade de Areado.

* Em Poço Fundo, Donato esteve reunido com o coordenador de campanha de um candidato a deputado estadual, analisando a possibilidade de fechar parceria com ele em outras dez cidades da região. Retornando a Poços, Celso ainda participou da premiação dos vencedores do Comida Di Boteco, seguindo depois para a final de um torneio de futsal na Caldense, onde entregou troféus aos vencedores ao lado do prefeito Sérgio Azevedo.

* Silas Lafaiete entrevista esta manhã, no programa Papo Sob Medida, da Master Web Rádio, o ex-prefeito de Alfenas, Zézinho do PT, pré-candidato a deputado estadual, que segundo o noticiário político de Belo Horizonte, está tendo seu nome ventilado inclusive para ser o candidato a vice-governador na chapa de Alexandre Kalil. O programa começa as 9 hs. da manhã.

* Outros 105 casos positivos de Covid-19 foram registrados ontem em Poços de Caldas, além da interdição de um berçário em um Centro de Educação Infantil. Nos últimos dias também foram registrados óbitos pela doença. Não está na hora de a secretaria de saúde voltara a agir exigindo máscaras de proteção facial pelo menos em locais fechados?

* A secretária de educação Maria Helena Braga está sendo convidada a comparecer a uma das sessões da Câmara Municipal, para dar explicações aos vereadores sobre a contratação, pelo processo de inexigibilidade, da editora Recreativa para implantação do programa educacional Ativamente na educação básica do Município. Não será fácil explicar o que levou a secretaria a contratar o programa sem a necessária licitação, o que pode resultar em dor-de-cabeça para Maria Helena que realiza excelente trabalho à frente da pasta, aliás, repetindo o que já fez em outras administrações.  Mas, com certeza, deve ter agido no processo com parecer favorável a dispensa, orientada pela Procuradoria Geral do Município. Ou não?