Portal de Notícias e Web Rádio 

* No dia 13 de setembro de 2021 foi sancionada a lei autorizando o município a firmar convênio de cooperação com a Agência Reguladora Intermunicipal de Saneamento Básico de Minas Gerais para regulação e fiscalização do serviço de saneamento básico, serviço prestado pelo DMAE.

* A respeito deste convênio, o vereador Diney Lenon quer saber do prefeito e do diretor da autarquia municipal, quais as medidas que já foram tomadas por meio deste convênio, os avanços no sentido de regulação e fiscalização dos serviços públicos de saneamento básico no município, se foram alcançados através desta cooperação, se ocorreram reuniões, quais as resoluções tomadas, quais as atividades realizadas pela parceria, se há algum estudo em andamento e se foi emitida qualquer norma técnica.

* Chama a atenção anúncio de uma imobiliária da cidade, onde está colocado à venda o vagão-lanchonete, que há anos está instalado junto com os trailers de lanche, próximo à estação central do teleférico. O vagão está a venda por R$ 150 mil, mas com uma observação: o ponto não está a venda e quem adquirir o vagão terá que transportá-lo para outro lugar. Assim se comercializa em Poços, até mesmo espaço público, sem nenhuma interferência do poder público.

* Questionado pelos vereadores na sessão de terça-feira, o secretário da Fazenda, Alexandre Lino, a respeito do cancelamento da multa aplicada contra os organizadores do show da dupla Jorge & Mateus, ele respondeu que não contestou os procedimentos dos fiscais e apenas acatou a defesa apresentada pelo contribuinte por achar que estava embasada. “Quem me conhece sabe que eu não tenho vínculo político com ninguém, estou apenas fazendo meu trabalho técnico. O que aconteceu foi isto”, disse o secretário, assumindo total responsabilidade pelo ato.

* Poços voltando a ser Poços? A partir do dia 17 de julho, segundo comunicado da ANAC, o aeroporto local estará proibido de operar e assim deverá permanecer durante um ano. A Agência Nacional de Aviação Civil está jogando a culpa no município alegando falta de comunicação. O secretário de Defesa Social, Rafael Conde de Maria, diz que irá pessoalmente até a ANAC para tentar reverter a determinação. Mais um fato negativo para ser incluído na agenda da chamada administração técnica.

* O diretor do DMAE, Paulo César Silva, ressaltou a importância da participação da autarquia no congresso da ASSEMAE em Porto Alegre, afirmando que o nome de Poços de Caldas sairá fortalecido pela divulgação do saneamento e do turismo da cidade para todos os que visitam o estande da autarquia, pois assistem vídeos, recebem diversos folhetos e materiais de divulgação sobre a cidade, além de produtos típicos de nossa região.

* “Viemos participar desse Congresso, que reúne dezenas de cidades de todo o país, além de comitivas internacionais, não apenas para divulgar as nossas ações de saneamento, mas também o turismo de Poços de Caldas, aprendendo muito com as palestras e trocas de experiências. Nossos dias aqui têm se resumido em ficar aqui no centro de convenções das 8 horas da manhã às 10 da noite buscando aproveitar ao máximo o que o congresso tem a oferecer”, ressaltou ele.