Portal de Notícias e Web Rádio 

* Sem planejamento e nem mesmo um Plano de Mobilidade Urbana, o executivo continua sem solução para amenizar o problema, até porque essa administração não faz outra coisa a não ser obras de manutenção, sem nenhum planejamento ou estudo mais aprofundado para aliviar o problema. Por sinal, além do Plano de Mobilidade, a administração também não possui nem mesmo um Plano Diretor para direcionar o crescimento da cidade.

* As reclamações, na maioria das vezes feitas em off por ocupantes de cargos de chefia na administração focam o comportamento centralizador do prefeito Sérgio Azevedo que adotou o estilo do “só eu sei, só eu mando”, uma espécie de governo do “eu contra tudo e contra todos”. O alcaide, inquilino-chefe da casa amarela não admite que outro apareça mais do que ele e até encostou o vice, Júlio de Freitas, hoje uma figura decorativa no governo, que quando assumiu o posto disse que sua missão no governo seria a de gerenciar as atividades das diversas secretarias com os secretários se reportando a ele.

* O “sumiço” do pré-candidato a deputado federal Celso Donato anda despertando curiosidade no grupo que apoia a sua candidatura. Já fazem três semanas que o moço não dá notícia, não responde mensagens e nem atende ao telefone e também não fala com os ex-deputados Mosconi e Geraldo, que se dispuseram a colaborar na sua campanha. Dizem que o “desaparecimento” momentâneo, após o vazamento do áudio sobre ingressos de cortesia para um show sertanejo é uma estratégia e vai permanecer até a poeira baixar. Até uma entrevista, agendada para hoje no Papo Sob Medida, foi cancelada por ele com a justificativa de que está cumprindo compromissos na região.

* Como já era esperado, o partido Republicanos, em Minas Gerais, deve apoiar Carlos Viana como candidato ao governo do Estado. Com isso, o deputado Mauro Tramonte, filiado a legenda, deve fazer campanha para Viana, seu ex-companheiro na TV Record e também para Gilberto Abramo, como candidato a deputado federal.