Portal de Notícias e Web Rádio – CNPJ 44.219.101/0001-23

Ruas em bairros recebem novo asfalto

Ruas em bairros recebem novo asfalto

A Prefeitura por meio da secretaria municipal de Obras, está realizando o serviço de asfaltamento em várias ruas, de todas as regiões da cidade. Estão sendo desenvolvidas ações com o novo asfalto...

ler mais
Prossegue a vacinação em crianças

Prossegue a vacinação em crianças

Segue amanhã, a aplicação da vacina contra COVID-19 em crianças de 5 a 11 anos que possuam comorbidades. Para receber o imunizante é necessário apresentar laudo que comprove a comorbidade. A...

ler mais

“O mais eficiente do Brasil”

O entrevistado na noite de terça-feira pelo programa Poços Cast, do site Rota 21, conduzido pelos apresentadores Jaderson Rodrigues e Matheus Luís, foi o prefeito Sérgio Azevedo que abordou diversas questões, entre elas o seu salário, considerado um dos mais altos pagos a prefeitos de todo o país.

A entrevista transcorria normalmente quando em dado momento houve um bate-bôca entre Jaderson e o prefeito.

Em um dos trechos o chefe do executivo afirmou que ser um dos únicos prefeitos do Brasil que bate ponto e que por isso podia cobrar o mesmo das pessoas, que isso não é demérito, mas uma forma de demonstrar que está disponível naquele horário de seu trabalho.

“Tenho implantado isso na cidade inteira e quero até no final desse mandato que todos os funcionários, 100%, batam ponto”, defendeu. Segundo ele, com a construção do Centro Administrativo esta prática será facilitada.

Jaderson, em resposta disse que Sérgio é um dos prefeitos mais caros do Brasil, sendo interrompido por ele.”Discordo de você. Eu sou o mais barato, eu dobrei a arrecadação da prefeitura, sou o mais eficiente do Brasil, desafio você trazer um mais eficiente do que eu”, desafiou o prefeito.

Jaderson lembrou que, entre os prefeitos do Brasil, ele era o que tinha um dos maiores salários.”Merecido. Um salário à altura do cargo que você ocupa. Isso é uma hipocrisia. Quando alguém diz que o prefeito ganha muito, a responsabilidade disso aqui não é brinquedo não”, justificou Sérgio.

O entrevistador ainda insistiu dizendo que o salário do prefeito de Poços é maior do que o do governador.”Você acha que o governador ganha só este salário?”,questionou o prefeito.

Jarderson rebateu dizendo que não estava falando de probabilidades, mas do salário em si e que se fosse dividir o salário do prefeito por dias da semana, de segunda a sexta, ele ganha um salário mínimo por dia.

“Eu sou um dos prefeitos mais baratos do Brasil pela eficiência, pelo que agente dá de retorno. O cara que não trabalha é caro. Às vezes você tem um salário baixo, mas não produz nada. O que tinha muito no Brasil era político que estava ali fazendo número. Eu estou aqui e o resultado que estamos vendo é a olhos vistos, em todas as áreas temos índices bons”, garantiu.

Sérgio informou ainda, que como engenheiro concursado da prefeitura e como profissional na sua vida particular, somando ganhava antes mais do que ganha hoje.

Politicagem

Para o vereador Kleber Silva, do partido Novo, Poços de Caldas não pode parar no tempo e deve utilizar o dinheiro público nos locais correto sem vez de “ficar fazendo politicagem por aí”.

Afirmou que muita coisa que o Legislativo leva para o executivo, “eles não dão conhecimento ou não querem fazer mesmo”.

Citou o caso de uma obra na avenida Wenceslau Braz, que, segundo ele, está parada há mais de 6 anos. Informou que levou o prefeito Sérgio Azevedo ao local, junto com o secretário de obras, fez uma indicação por escrito, mas que até agora nada foi feito.

Kleber explicou que o problema é a água de chuva que desce do bairro Primavera diretamente para a avenida, causando desmoronamento na encosta.”O prefeito está esperando cair tudo para poder arrumar?”, questionou.

Dr. Glaucir responde ao blog

Do nosso amigo e leitor, Glaucir Antunes Modesto, ilustre Promotor Público, recebemos a seguinte mensagem:

Caríssimo Polli:

em razão da credibilidade e do prestígio do seu blog, a referência ao meu nome como quem tem a pretensão de se candidatar a Prefeito em 2024 gera grande repercussão. Assim, forçoso esclarecer ao amigo alguns pontos:

1) fico muito feliz por ter meu nome sempre lembrado como candidato a qualquer cargo, mas a aposentadoria do Ministério Público não está entre os meus objetivos imediatos, ao contrário, estou bastante motivado. Por ora, o político da minha família é o Douglas Dofú;

2) sim, é verdade que muitos amigos (e até desconhecidos) já conversaram comigo sobre uma possível candidatura, mas levo esse assunto como uma brincadeira, sobretudo pelo tempo que ainda falta para a eleição;

3) uma candidatura, qualquer uma, se imposta, estará fadada ao fracasso. Ela deverá surgir naturalmente e, somente se concretizará, em razão de inúmeras circunstâncias favoráveis;

4) entendo que essa hipótese, da sucessão do atual Prefeito Sérgio,  é inoportuna e indelicada com o mesmo, por quem torço para concluir o mandato com realizações e o maior êxito possível, especialmente neste ano do 150⁰ aniversário da cidade;

5) por fim, espero, se Deus quiser, elegermos os nossos deputados Estadual e Federal este ano.

Concluindo, o caro amigo, pela experiência e sabedoria, entende bem do que estou falando… rss…de qualquer forma, obrigado pelo carinho.  Forte abraço.

Desmentindo

De Diva Funchal, citada no blog de ontem, como tendo participado de uma reunião com alguns políticos no último sábado, recebemos a seguinte mensagem:

“Ao contrário do publicado nesta coluna no dia 19, em que “contam” que estive presente em “um barzinho da cidade” com amigos do cenário político de Poços, tratando de assuntos político-partidários e eleitorais, afirmo que não é verdade. Não estive nesse encontro e nem com as pessoas citadas, algumas que não encontro, já há algum tempo, fora do âmbito profissional, apesar da alta estima que levo por todas. Os demais garantem que nenhum deles estiveram juntos.

Vale salientar, aproveitando o espaço que me foi cedido em direito de resposta, que desde que assumi cargo público na prefeitura, venho trabalhando em um plano de desenvolvimento municipal suprapartidário, tendo me afastado, inclusive, que qualquer atuação direta em campanhas eleitorais, dentro e fora do partido a qual sou filiada, o Novo. Pretendo manter a mesma postura isenta no decorrer do meu trabalho, enquanto ele continuar trazendo bons frutos para Poços de Caldas”.

* A julgar pelos acontecimentos dos últimos dias, e como estava previsto, o prefeito Sérgio Azevedo já vive o seu inferno astral. A volta da pandemia com toda força, o episódio do totem instalado para a contagem regressiva com vistas ao sesquicentenário que apresentou defeito no terceiro dia de funcionamento e até mesmo o bate-bôca com um dos apresentadores do programa do PodCast do site Rota 21, indicam que o chefe do executivo não começou bem o ano. E pelo jeito vem muito mais por aí.

* Por sinal, no caso da entrevista o prefeito deu novamente mostra de que não possui o menor jogo de cintura para sair com elegância de determinadas perguntas incômodas e mesmo com a experiência de cinco anos no cargo, como político continua sendo um bom engenheiro. Passou a imagem, mais uma vez, de uma pessoa onde a humildade não consta do seu dicionário.

* Também é verdade que o entrevistador foi agressivo e deselegante com o prefeito municipal e que deveria continuas se dedicando apenas a cobertura policial, onde conquistou e mantém milhares de seguidores. Foi também deselegante com outros veículos de imprensa.ao insinuar que vendem opinião a troco de publicidade. Ao seu lado estava o apresentador Mateus Luiz, da TV Poços, que não conseguiu disfarçar o constrangimento diante da afirmação.

* O secretário de governo Celso Donato tem na sua agenda uma nova viagem programada para Belo Horizonte na próxima semana, onde entre outros compromissos deve se encontrar com lideranças tucanas para tratar de assuntos referentes a sua pré-candidatura a deputado federal.

* Como havia prometido, a vereadora Regina Cioffi já começou a cobrar do chefe do executivo a contratação de uma empresa para elaborar um completo diagnóstico da cidade com vistas ao projeto de lei de um novo Plano Diretor, compromisso assumido pelo prefeito no final do ano passado quando da discussão e aprovação da revisão do atual Plano Diretor. Segundo ela, não vai dar trégua ao chefe do executivo para que o novo projeto seja elaborado e encaminhado para a Câmara Municipal ainda na gestão do atual prefeito.

* Como diz o velho ditado, malandro demais acaba dando bom dia a cavalo. Essa de enviar notas falsas por e-mails, também falsos, para colunistas que escrevem sobre politica com intenção de favorecer um pré-candidato a deputado pode até funcionar uma vez, não mais do que isso.

* A Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult) liberou um levantamento nesta semana que mostra as principais menções de destinos turísticos mineiros na internet. E o Sul de Minas apareceu com quatro cidades entre as 25 mais procuradas no estado, segundo o levantamento: Poços de Caldas, Pouso Alegre, Lavras e Varginha.

* Sobre o contrato firmado pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Comunicação Social, com a empresa Provir Marketing e Merchandsing, o diário oficial eletrônico publica nesta quinta-feira, termo aditivo para alteração na cláusula quinta, reduzindo o prazo do contrato para a locação do painel onde está sendo divulgada a contagem regressiva do sesquicentenário de fundação da cidade, do dia 14 de janeiro para 6 de novembro. Antes o contrato firmado entre as partes tinha como prazo para a locação por um período de 12 meses. Com isso o preço total será reduzido em pelo menos dois meses.

* Segundo o colunista político Paulo Cesar Oliveira, do Blog do PCO, o senador Rodrigo Pacheco, teria confessado aos amigos mais íntimos, que chegou à conclusão de que estava cedo para ser candidato à Presidência da República, vai permanecer na presidência do Senado e, quem sabe, disputar mais dois anos na próxima legislatura.

* A partir da próxima semana, estudantes da rede municipal de ensino poderão retirar os kits escolares fornecidos pela Secretaria de Educação, nas seguintes papelarias: Papelaria Real – Rua Marechal Deodoro, nº 488 | Centro; Brinquedão – Rua Assis Figueiredo, nº 1309 | Centro; Papelaria Stillo – Avenida Portugal, nº 1080 | Parque das Nações e Karambollas Papelaria – Av. Eduardo Luciano Marras, nº 10 | Conjunto Habitacional

“O mais eficiente do Brasil”

O entrevistado na noite de terça-feira pelo programa Poços Cast, do site Rota 21, conduzido pelos apresentadores Jaderson Rodrigues e Matheus Luís, foi o prefeito Sérgio Azevedo que abordou diversas questões, entre elas o seu salário, considerado um dos mais altos pagos a prefeitos de todo o país.

A entrevista transcorria normalmente quando em dado momento houve um bate-bôca entre Jaderson e o prefeito.

Em um dos trechos o chefe do executivo afirmou que ser um dos únicos prefeitos do Brasil que bate ponto e que por isso podia cobrar o mesmo das pessoas, que isso não é demérito, mas uma forma de demonstrar que está disponível naquele horário de seu trabalho.

“Tenho implantado isso na cidade inteira e quero até no final desse mandato que todos os funcionários, 100%, batam ponto”, defendeu. Segundo ele, com a construção do Centro Administrativo esta prática será facilitada.

Jaderson, em resposta disse que Sérgio é um dos prefeitos mais caros do Brasil, sendo interrompido por ele.”Discordo de você. Eu sou o mais barato, eu dobrei a arrecadação da prefeitura, sou o mais eficiente do Brasil, desafio você trazer um mais eficiente do que eu”, desafiou o prefeito.

Jaderson lembrou que, entre os prefeitos do Brasil, ele era o que tinha um dos maiores salários.”Merecido. Um salário à altura do cargo que você ocupa. Isso é uma hipocrisia. Quando alguém diz que o prefeito ganha muito, a responsabilidade disso aqui não é brinquedo não”, justificou Sérgio.

O entrevistador ainda insistiu dizendo que o salário do prefeito de Poços é maior do que o do governador.”Você acha que o governador ganha só este salário?”,questionou o prefeito.

Jarderson rebateu dizendo que não estava falando de probabilidades, mas do salário em si e que se fosse dividir o salário do prefeito por dias da semana, de segunda a sexta, ele ganha um salário mínimo por dia.

“Eu sou um dos prefeitos mais baratos do Brasil pela eficiência, pelo que agente dá de retorno. O cara que não trabalha é caro. Às vezes você tem um salário baixo, mas não produz nada. O que tinha muito no Brasil era político que estava ali fazendo número. Eu estou aqui e o resultado que estamos vendo é a olhos vistos, em todas as áreas temos índices bons”, garantiu.

Sérgio informou ainda, que como engenheiro concursado da prefeitura e como profissional na sua vida particular, somando ganhava antes mais do que ganha hoje.

Politicagem

Para o vereador Kleber Silva, do partido Novo, Poços de Caldas não pode parar no tempo e deve utilizar o dinheiro público nos locais correto sem vez de “ficar fazendo politicagem por aí”.

Afirmou que muita coisa que o Legislativo leva para o executivo, “eles não dão conhecimento ou não querem fazer mesmo”.

Citou o caso de uma obra na avenida Wenceslau Braz, que, segundo ele, está parada há mais de 6 anos. Informou que levou o prefeito Sérgio Azevedo ao local, junto com o secretário de obras, fez uma indicação por escrito, mas que até agora nada foi feito.

Kleber explicou que o problema é a água de chuva que desce do bairro Primavera diretamente para a avenida, causando desmoronamento na encosta.”O prefeito está esperando cair tudo para poder arrumar?”, questionou.

Dr. Glaucir responde ao blog

Do nosso amigo e leitor, Glaucir Antunes Modesto, ilustre Promotor Público, recebemos a seguinte mensagem:

Caríssimo Polli:

em razão da credibilidade e do prestígio do seu blog, a referência ao meu nome como quem tem a pretensão de se candidatar a Prefeito em 2024 gera grande repercussão. Assim, forçoso esclarecer ao amigo alguns pontos:

1) fico muito feliz por ter meu nome sempre lembrado como candidato a qualquer cargo, mas a aposentadoria do Ministério Público não está entre os meus objetivos imediatos, ao contrário, estou bastante motivado. Por ora, o político da minha família é o Douglas Dofú;

2) sim, é verdade que muitos amigos (e até desconhecidos) já conversaram comigo sobre uma possível candidatura, mas levo esse assunto como uma brincadeira, sobretudo pelo tempo que ainda falta para a eleição;

3) uma candidatura, qualquer uma, se imposta, estará fadada ao fracasso. Ela deverá surgir naturalmente e, somente se concretizará, em razão de inúmeras circunstâncias favoráveis;

4) entendo que essa hipótese, da sucessão do atual Prefeito Sérgio,  é inoportuna e indelicada com o mesmo, por quem torço para concluir o mandato com realizações e o maior êxito possível, especialmente neste ano do 150⁰ aniversário da cidade;

5) por fim, espero, se Deus quiser, elegermos os nossos deputados Estadual e Federal este ano.

Concluindo, o caro amigo, pela experiência e sabedoria, entende bem do que estou falando… rss…de qualquer forma, obrigado pelo carinho.  Forte abraço.

Desmentindo

De Diva Funchal, citada no blog de ontem, como tendo participado de uma reunião com alguns políticos no último sábado, recebemos a seguinte mensagem:

“Ao contrário do publicado nesta coluna no dia 19, em que “contam” que estive presente em “um barzinho da cidade” com amigos do cenário político de Poços, tratando de assuntos político-partidários e eleitorais, afirmo que não é verdade. Não estive nesse encontro e nem com as pessoas citadas, algumas que não encontro, já há algum tempo, fora do âmbito profissional, apesar da alta estima que levo por todas. Os demais garantem que nenhum deles estiveram juntos.

Vale salientar, aproveitando o espaço que me foi cedido em direito de resposta, que desde que assumi cargo público na prefeitura, venho trabalhando em um plano de desenvolvimento municipal suprapartidário, tendo me afastado, inclusive, que qualquer atuação direta em campanhas eleitorais, dentro e fora do partido a qual sou filiada, o Novo. Pretendo manter a mesma postura isenta no decorrer do meu trabalho, enquanto ele continuar trazendo bons frutos para Poços de Caldas”.

* A julgar pelos acontecimentos dos últimos dias, e como estava previsto, o prefeito Sérgio Azevedo já vive o seu inferno astral. A volta da pandemia com toda força, o episódio do totem instalado para a contagem regressiva com vistas ao sesquicentenário que apresentou defeito no terceiro dia de funcionamento e até mesmo o bate-bôca com um dos apresentadores do programa do PodCast do site Rota 21, indicam que o chefe do executivo não começou bem o ano. E pelo jeito vem muito mais por aí.

* Por sinal, no caso da entrevista o prefeito deu novamente mostra de que não possui o menor jogo de cintura para sair com elegância de determinadas perguntas incômodas e mesmo com a experiência de cinco anos no cargo, como político continua sendo um bom engenheiro. Passou a imagem, mais uma vez, de uma pessoa onde a humildade não consta do seu dicionário.

* Também é verdade que o entrevistador foi agressivo e deselegante com o prefeito municipal e que deveria continuas se dedicando apenas a cobertura policial, onde conquistou e mantém milhares de seguidores. Foi também deselegante com outros veículos de imprensa.ao insinuar que vendem opinião a troco de publicidade. Ao seu lado estava o apresentador Mateus Luiz, da TV Poços, que não conseguiu disfarçar o constrangimento diante da afirmação.

* O secretário de governo Celso Donato tem na sua agenda uma nova viagem programada para Belo Horizonte na próxima semana, onde entre outros compromissos deve se encontrar com lideranças tucanas para tratar de assuntos referentes a sua pré-candidatura a deputado federal.

* Como havia prometido, a vereadora Regina Cioffi já começou a cobrar do chefe do executivo a contratação de uma empresa para elaborar um completo diagnóstico da cidade com vistas ao projeto de lei de um novo Plano Diretor, compromisso assumido pelo prefeito no final do ano passado quando da discussão e aprovação da revisão do atual Plano Diretor. Segundo ela, não vai dar trégua ao chefe do executivo para que o novo projeto seja elaborado e encaminhado para a Câmara Municipal ainda na gestão do atual prefeito.

* Como diz o velho ditado, malandro demais acaba dando bom dia a cavalo. Essa de enviar notas falsas por e-mails, também falsos, para colunistas que escrevem sobre politica com intenção de favorecer um pré-candidato a deputado pode até funcionar uma vez, não mais do que isso.

* A Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult) liberou um levantamento nesta semana que mostra as principais menções de destinos turísticos mineiros na internet. E o Sul de Minas apareceu com quatro cidades entre as 25 mais procuradas no estado, segundo o levantamento: Poços de Caldas, Pouso Alegre, Lavras e Varginha.

* Sobre o contrato firmado pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Comunicação Social, com a empresa Provir Marketing e Merchandsing, o diário oficial eletrônico publica nesta quinta-feira, termo aditivo para alteração na cláusula quinta, reduzindo o prazo do contrato para a locação do painel onde está sendo divulgada a contagem regressiva do sesquicentenário de fundação da cidade, do dia 14 de janeiro para 6 de novembro. Antes o contrato firmado entre as partes tinha como prazo para a locação por um período de 12 meses. Com isso o preço total será reduzido em pelo menos dois meses.

* Segundo o colunista político Paulo Cesar Oliveira, do Blog do PCO, o senador Rodrigo Pacheco, teria confessado aos amigos mais íntimos, que chegou à conclusão de que estava cedo para ser candidato à Presidência da República, vai permanecer na presidência do Senado e, quem sabe, disputar mais dois anos na próxima legislatura.

* A partir da próxima semana, estudantes da rede municipal de ensino poderão retirar os kits escolares fornecidos pela Secretaria de Educação, nas seguintes papelarias: Papelaria Real – Rua Marechal Deodoro, nº 488 | Centro; Brinquedão – Rua Assis Figueiredo, nº 1309 | Centro; Papelaria Stillo – Avenida Portugal, nº 1080 | Parque das Nações e Karambollas Papelaria – Av. Eduardo Luciano Marras, nº 10 | Conjunto Habitacional

Ruas em bairros recebem novo asfalto

Ruas em bairros recebem novo asfalto

A Prefeitura por meio da secretaria municipal de Obras, está realizando o serviço de asfaltamento em várias ruas, de todas as regiões da cidade. Estão sendo desenvolvidas ações com o novo asfalto...

ler mais
Prossegue a vacinação em crianças

Prossegue a vacinação em crianças

Segue amanhã, a aplicação da vacina contra COVID-19 em crianças de 5 a 11 anos que possuam comorbidades. Para receber o imunizante é necessário apresentar laudo que comprove a comorbidade. A...

ler mais
Governo proíbe crianças nos estádios

Governo proíbe crianças nos estádios

As duas primeiras rodadas do Campeonato Mineiro 2022 terão capacidade reduzida a 20 mil torcedores nos estádios e está proibida a entrada de crianças, de até 12 anos, nas arenas. O anúncio foi feito...

ler mais

Revista ONE 33

Clique e leia

Revista ONE nº33

Revista ONE 33

Clique e leia

Revista ONE nº33

Governo proíbe crianças nos estádios

Governo proíbe crianças nos estádios

As duas primeiras rodadas do Campeonato Mineiro 2022 terão capacidade reduzida a 20 mil torcedores nos estádios e está proibida a entrada de crianças, de até 12 anos, nas arenas. O anúncio foi feito...

ler mais