Hoje será contra o Tupynambás

Depois de um início abaixo do esperado na Série D 2020, a Caldense terá dois jogos seguidos fora de casa para dar a volta por cima e somar pontos. Nesta quarta-feira a Veterana encara o Tupynambás às 20h30 no Estádio Radialista Mário Helênio em Juiz de Fora e depois no sábado, enfrenta o Gama-DF em Brasília no Estádio Valmir Bezerra às 17 horas.

A equipe se reapresentou no Centro de Treinamento Ninho dos Periquitos na manhã desta segunda-feira. O grupo realizou a coleta dos exames de COVID-19, fez um trabalho regenerativo e um apronto tático. Na terça pela manhã, o time seguiu viagem para Juiz de Fora.

A delegação ficará concentrada no Victory Business Hotel. Após o jogo, o elenco retorna ao hotel. A diretoria alviverde aguarda a confirmação da logística da viagem à Brasília determinada pela CBF, mas o time deve seguir para a capital brasileira na quinta-feira, indo direto de Juiz de Fora ou pegando voo no Rio de Janeiro.

COVID

A Caldense recebeu os resultados dos novos exames de COVID-19 do elenco, referentes ao jogo de hoje contra o Tupynambás. O lateral-direito Léo Queiroz, o meia Léo Rafael e o atacante Luis Henrique testaram positivo. Os atletas passam bem e já foram isolados. Os demais testes deram negativo.

Vinhos da Epamig voltam a ser premiados

Mais uma vez, a produção regional de vinhos finos de inverno ganha espaço nas exigentes adegas internacionais: produtores brasileiros conquistaram novas medalhas em uma das maiores e mais importantes competições de vinhos do mundo, a Decanter World WineAwards.

O início da produção de vinhos finos no Sudeste foi possível graças aos trabalhos da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig). Há cerca de 20 anos, no município de Caldas (MG), o Núcleo Tecnológico de Uva e Vinho da Epamig implantou a tecnologia da dupla poda. Hoje, pode-se colher na região uvas sadias, de maturação plena, com mais aroma e concentração de cor, o que contribui para o incremento da qualidade de vinhos apreciados dentro e fora do país.

A dupla poda consiste na inversão do ciclo produtivo da videira, que altera para o inverno o período de colheita das uvas destinadas à produção de vinhos. “O método consiste, ainda, na realização de duas podas, uma de formação dos ramos no mês de agosto, e outra de produção no mês de janeiro”, destaca o ex-pesquisador da Epamig, Murillo de Albuquerque Regina, responsável por desenvolver a ideia no Brasil.

Competição

A premiação internacional, realizada na última semana, é organizada pela revista inglesa Decanter, uma das mais respeitadas publicações sobre vinhos do mundo. Neste ano, a 17ª edição do concurso avaliou 16.518 rótulos.

Entre os premiados estão 12 rótulos produzidos em municípios do Sul de Minas e de São Paulo. Desse número, 11 foram produzidos a partir da técnica da dupla poda.

Dois vinhos foram premiados com medalhas de prata: FuméBlanche Sauvignon Blanc, da vinícola Ferreira (92 pontos) e Tempos de Góes Reserva Sauvignon Blanc, da vinícola Góes (90 pontos).

Os medalhistas de bronze foram o Espumante Nature, da Carvalho Branco (89 pontos); Vale da Pedra (tinto), da Guaspari (88 pontos); Luiz Porto Cabernet Sauvignon, da Luiz Porto Vinhos Finos (88 pontos); BrandinaAssemblage, da Villa Santa Maria (88 pontos); Bárbara Eliodora Sauvignon Blanc (87 pontos); SyrahSpeciale, da Casa Verrone (87 pontos); Vale da Pedra (branco), da Guaspari (87 pontos); Colheita Especial Viognier, da Casa Verrone (86 pontos); Vista da Serra Syrah, da Guaspari (86 pontos); Eva Syrah, da Maria Maria (86 pontos).

Redução dos cargos comissionados

O candidato a prefeito pelo Solidariedade, João Alexandre Moura, prometeu reduzir, por decreto, em 70% os cargos comissionados na prefeitura, caso seja eleito. Segundo ele, hoje o prefeito pode nomear 225 cargos de confiança. Esta redução de cargos, segundo João, se dará aproveitando e valorizando o servidor público competente e eficiente, reduzindo, assim, os custos da máquina pública.

“Você, servidor, vai ser nomeado na minha gestão. Por de trás da minha candidatura não tem grandes empresários. A nossa candidatura é coletiva, é de um projeto de engajamento de um grupo de pessoas, então eu vou ter liberdade para nomear e vou nomear, você, servidor”, garantiu. João Moura criticou a postura do candidato a prefeito Eduardo Junqueira Dias, do PDT, que nesta semana prometeu cortar a hora extra do servidor e acabar com o ponto facultativo, do dia 28, dia do servidor público, que cai em uma quinta-feira.

“Eu sou servidor, professor da rede municipal, minha família é de servidores, minha mãe é servidora da antiga Minas Caixa, eu sei e me emociono muito quando falo do papel do servidor, porque meu pai e minha mãe são servidores”, afirmou.  João garantiu que entende da logística da prefeitura e que “não adianta ser formado na Fundação Getúlio Vargas se você não viveu o dia a dia do servidor, se você não é filho de servidor, se você não conhece o servidor, da chefia maior até o profissional de serviços gerais”.

Baixa repercussão

Boa parte dos candidatos a prefeito promoveu na noite de ontem, por meio do Facebook, lives para conversar com os internautas. Poucas foram as curtidas e os comentários, o número mais expressivo foi para os compartilhamentos. ÉrculesTassinari, candidato a prefeito pelo PTB, acompanhado de seu vice João Batista Cioffi, informou que a chapa estará aberta nas redes sociais para ouvir as perguntas dos internautas e tirar suas dúvidas relativas ao plano de governo. “Depois de 30 anos o PTB lança candidatos com uma chapa pura, onde o nosso compromisso é com a cidade de Poços de Caldas. Estamos imbuídos de fazer uma campanha honesta, sincera e de propostas construtivas”, afirmou Tassinari.

Críticas a Casa de Passagem

Os moradores do Jardim Itamaraty V e Chácara Poços de Caldas encaminharam a Câmara Municipal cópia de abaixo-assinado solicitando a transferência da Casa de Passagem, da rua Benedito  Togni, do bairro Chácara Poços de Caldas para outro local.Segundo o documento os moradores da casa brigam entre si,promovem discussões, bebem e ficam caídos pelas ruas do bairro, realizam churrascos em terrenos baldios com risco de provocarem incêndios,  promovem sujeiras espalhando pelas ruas garrafas e roupas. O documento ainda repudia a possibilidade, que vem sendo comentada, sobre a transferência de presos com Covid-19 para casas situadas na chácara Poços de Caldas.

Revisão do Plano Diretor

Como relator do projeto de lei para a revisão do Plano Diretor, o vereador Paulo Tadeu disse que poderia simplesmente dar um parecer pela rejeição. “Votar nas condições que ele está não contribui para nossa imagem, de jeito nenhum. Eu não consigo compreender como tantas coisas foram feitas de maneira superficial. Qual a dificuldade de fazer 5 ou 6 audiências públicas? O outro Plano Diretor teve 30 audiências”, afirmou. Para ele, trata-se de um grande desafio onde os vereadores devem fazer alguma coisa para colocar um fim na especulação absurda, na desqualificação do espaço urbano da cidade, no empobrecimento da vida da população, ou lá na frente os vereadores terão que responder por isso, perante a história. “Porque nós vimos e deixamos passar.”

Curtas

* O ex-prefeito Eloisio do Carmo Lourenço, candidato a prefeito pelo PSB vai ter que tirar uma nova certidão para juntar ao seu pedido de registro de candidatura na Justiça Eleitoral. Motivo, no processo em que foi condenado em primeira e segunda instância, os embargos de declaração da decisão em segunda instância foram negados e o acórdão deve ser publicado nesta quarta-feira.

* Houve uma decisão de segunda instância em outubro de 2019, e sobre esta decisão foram impetrados embargos de declaração que foram julgados improcedentes esta semana. Com isso foi mantida a decisão de outubro de 2019. Após a publicação do acórdão, Eloisio terá um prazo de 5 a 15 dias para prosseguir com a defesa no Superior Tribunal de Justiça (3ª. instância), o que não o impede de continuar candidato nesta eleição.

* Como já era previsto as redes sócias estão sendo utilizadas como o mais importante meio de divulgação dos candidatos a cargos eletivos nas eleições de 15 e novembro. O problema é que por ser território livre, onde cada um se manifesta sem censura e da maneira como bem entende, os problemas com ofensas pessoais começam a surgir e podem se agravar com o passar dos dias, principalmente se os candidatos, aos cargos majoritários não conseguir manter suas tropas de apoio sobre controle.

* Ontem tivemos um exemplo disso com postagem ofensiva ao candidato do Solidariedade, João Alexandre Moura, que diante das ofensas pessoais, não pensou duas vezes para responder no mesmo tom contra seu ex-chefe e agora também adversário, Eloisio Lourenço. A reação foi dura, no mesmo tom em que ocorreram as ofensas.

* Mas é bom que os candidatos (todos eles) tenham em mente que o eleitorado deseja mesmo é um debate de idéias, em torno dos principais problemas da cidade e do melhor caminho em busca das soluções. Por isso o melhor é que cada um mantenha seus apoiadores sob controle para que a campanha não seja contaminada por brigas pessoais que não levam a nada e na maioria das vezes acaba favorecendo uma terceira via, como ocorreu nas duas últimas eleições.

* E por falar em redes sociais, os estrategistas da campanha à reeleição do prefeito Sérgio, pelo visto até aqui, adotaram a mesma tática vitoriosa da pré-campanha. Está deixando o tempo passar, os adversários se digladiarem entre si, para ao final da luta abocanhar a fatia do eleitorado que ficou fora da torcida. Na fase de pré-campanha a estratégia deu certo e o prefeito conseguiu compor a mais forte coligação partidária.

* E quem não está muito acostumado a manusear o celular nas redes sociais, num descuido pode dar um click no lugar errado e direcionar uma mensagem para a pessoa errada. Com aconteceu com o candidato a vice pelo PSL, AzerZenum. Ontem, para consertar o erro ele postou um pedido de desculpas no grupo de WhatsApp onde umamensagem de voz foi erroneamente postada e permaneceu por alguns minutos. Pedido de desculpas aceito pelo ofendido.

* Os mais de seis mil servidores municipais, uma parte deles trabalhando em casa por home office devido a pandemia do coronavírus, ostentavam um largo sorriso na tarde de ontem. Motivo: pagamento do mês de setembro na conta e vale-alimentação liberado. Aqueles que diziam que a prefeitura não teria recurso para pagar o salário do funcionalismo a partir de agosto, queimaram a língua.

* A moda agora entre os candidatos é fazer live, ou seja, transmissão ao vivo pela internet, falando sobre seus projetos de governo e conversando com aqueles que se dispõem a ouvir e assistir o que estão dizendo. O problema é que essas lives são transmitidas através do facebook para aqueles que fazem parte dos seus grupos de amigos. Resumindo da ópera, falam apenas para os amigos que já são seus eleitores. Ou não?

* O presidente da Comissão de Títulos e Homenagens da Câmara Municipal, vereador Paulo Eustáquio, anunciou ontem que a análise dos requerimentos com indicações de pessoas para serem homenageadas somente serão apreciados após a eleição do dia 15 de novembro. Um balde de água fria em quem estava aguardando as análises antes do pleito eleitoral.

* Rovilson Pimentel, o glorioso “Canjiquinha” de eleições passadas, está cuspindo marimbondos e acusando a administração municipal de ter cometido uma fraude eleitoral. Isso porque como servidor público ele se desincompatibilizou para ser candidato só que não conseguiu legenda e foi obrigado a reassumir sua função na prefeitura. Ocorre que por ter permanecido fora do trabalho ele deixou de receber o pagamento do mês mais o vale alimentação. Em mensagem de voz dirigida a uma jornalista ele fala o bicho contra o comando da administração a quem acusa de malandragem e pilantragem contra sua pessoa.

* Na bronca também está o não menos glorioso candidato a prefeito de outras eleições, o Waldir Inácio. A bronca é contra o comando do seu partido, o PTB, que não incluiu seu nome na relação dos candidatos a uma vaga na Câmara Municipal. E quer saber dos cabeças brancas petebistas qual foi o critério utilizado para a seleção dos candidatos.

* Em Minas Gerais, o número de candidatos para as Câmaras Municipais em todo o Estado chega a 74.404, um recorde. Em Poços de Caldas os candidatos a vereador somam 272, número superior ao registrado na última eleição, enquanto que em algumas cidades a disputa por uma cadeira no legislativo chama ainda mais atenção. Por exemplo, Varginha, com uma população menor do que Poços tem na corrida pelas 15 cadeiras da Câmara Municipal, nada menos do que 399 candidatos.

Redução dos cargos comissionados

O candidato a prefeito pelo Solidariedade, João Alexandre Moura, prometeu reduzir, por decreto, em 70% os cargos comissionados na prefeitura, caso seja eleito. Segundo ele, hoje o prefeito pode nomear 225 cargos de confiança. Esta redução de cargos, segundo João, se dará aproveitando e valorizando o servidor público competente e eficiente, reduzindo, assim, os custos da máquina pública.

“Você, servidor, vai ser nomeado na minha gestão. Por de trás da minha candidatura não tem grandes empresários. A nossa candidatura é coletiva, é de um projeto de engajamento de um grupo de pessoas, então eu vou ter liberdade para nomear e vou nomear, você, servidor”, garantiu. João Moura criticou a postura do candidato a prefeito Eduardo Junqueira Dias, do PDT, que nesta semana prometeu cortar a hora extra do servidor e acabar com o ponto facultativo, do dia 28, dia do servidor público, que cai em uma quinta-feira.

“Eu sou servidor, professor da rede municipal, minha família é de servidores, minha mãe é servidora da antiga Minas Caixa, eu sei e me emociono muito quando falo do papel do servidor, porque meu pai e minha mãe são servidores”, afirmou.  João garantiu que entende da logística da prefeitura e que “não adianta ser formado na Fundação Getúlio Vargas se você não viveu o dia a dia do servidor, se você não é filho de servidor, se você não conhece o servidor, da chefia maior até o profissional de serviços gerais”.

Baixa repercussão

Boa parte dos candidatos a prefeito promoveu na noite de ontem, por meio do Facebook, lives para conversar com os internautas. Poucas foram as curtidas e os comentários, o número mais expressivo foi para os compartilhamentos. ÉrculesTassinari, candidato a prefeito pelo PTB, acompanhado de seu vice João Batista Cioffi, informou que a chapa estará aberta nas redes sociais para ouvir as perguntas dos internautas e tirar suas dúvidas relativas ao plano de governo. “Depois de 30 anos o PTB lança candidatos com uma chapa pura, onde o nosso compromisso é com a cidade de Poços de Caldas. Estamos imbuídos de fazer uma campanha honesta, sincera e de propostas construtivas”, afirmou Tassinari.

Críticas a Casa de Passagem

Os moradores do Jardim Itamaraty V e Chácara Poços de Caldas encaminharam a Câmara Municipal cópia de abaixo-assinado solicitando a transferência da Casa de Passagem, da rua Benedito  Togni, do bairro Chácara Poços de Caldas para outro local.Segundo o documento os moradores da casa brigam entre si,promovem discussões, bebem e ficam caídos pelas ruas do bairro, realizam churrascos em terrenos baldios com risco de provocarem incêndios,  promovem sujeiras espalhando pelas ruas garrafas e roupas. O documento ainda repudia a possibilidade, que vem sendo comentada, sobre a transferência de presos com Covid-19 para casas situadas na chácara Poços de Caldas.

Revisão do Plano Diretor

Como relator do projeto de lei para a revisão do Plano Diretor, o vereador Paulo Tadeu disse que poderia simplesmente dar um parecer pela rejeição. “Votar nas condições que ele está não contribui para nossa imagem, de jeito nenhum. Eu não consigo compreender como tantas coisas foram feitas de maneira superficial. Qual a dificuldade de fazer 5 ou 6 audiências públicas? O outro Plano Diretor teve 30 audiências”, afirmou. Para ele, trata-se de um grande desafio onde os vereadores devem fazer alguma coisa para colocar um fim na especulação absurda, na desqualificação do espaço urbano da cidade, no empobrecimento da vida da população, ou lá na frente os vereadores terão que responder por isso, perante a história. “Porque nós vimos e deixamos passar.”

Curtas

* O ex-prefeito Eloisio do Carmo Lourenço, candidato a prefeito pelo PSB vai ter que tirar uma nova certidão para juntar ao seu pedido de registro de candidatura na Justiça Eleitoral. Motivo, no processo em que foi condenado em primeira e segunda instância, os embargos de declaração da decisão em segunda instância foram negados e o acórdão deve ser publicado nesta quarta-feira.

* Houve uma decisão de segunda instância em outubro de 2019, e sobre esta decisão foram impetrados embargos de declaração que foram julgados improcedentes esta semana. Com isso foi mantida a decisão de outubro de 2019. Após a publicação do acórdão, Eloisio terá um prazo de 5 a 15 dias para prosseguir com a defesa no Superior Tribunal de Justiça (3ª. instância), o que não o impede de continuar candidato nesta eleição.

* Como já era previsto as redes sócias estão sendo utilizadas como o mais importante meio de divulgação dos candidatos a cargos eletivos nas eleições de 15 e novembro. O problema é que por ser território livre, onde cada um se manifesta sem censura e da maneira como bem entende, os problemas com ofensas pessoais começam a surgir e podem se agravar com o passar dos dias, principalmente se os candidatos, aos cargos majoritários não conseguir manter suas tropas de apoio sobre controle.

* Ontem tivemos um exemplo disso com postagem ofensiva ao candidato do Solidariedade, João Alexandre Moura, que diante das ofensas pessoais, não pensou duas vezes para responder no mesmo tom contra seu ex-chefe e agora também adversário, Eloisio Lourenço. A reação foi dura, no mesmo tom em que ocorreram as ofensas.

* Mas é bom que os candidatos (todos eles) tenham em mente que o eleitorado deseja mesmo é um debate de idéias, em torno dos principais problemas da cidade e do melhor caminho em busca das soluções. Por isso o melhor é que cada um mantenha seus apoiadores sob controle para que a campanha não seja contaminada por brigas pessoais que não levam a nada e na maioria das vezes acaba favorecendo uma terceira via, como ocorreu nas duas últimas eleições.

* E por falar em redes sociais, os estrategistas da campanha à reeleição do prefeito Sérgio, pelo visto até aqui, adotaram a mesma tática vitoriosa da pré-campanha. Está deixando o tempo passar, os adversários se digladiarem entre si, para ao final da luta abocanhar a fatia do eleitorado que ficou fora da torcida. Na fase de pré-campanha a estratégia deu certo e o prefeito conseguiu compor a mais forte coligação partidária.

* E quem não está muito acostumado a manusear o celular nas redes sociais, num descuido pode dar um click no lugar errado e direcionar uma mensagem para a pessoa errada. Com aconteceu com o candidato a vice pelo PSL, AzerZenum. Ontem, para consertar o erro ele postou um pedido de desculpas no grupo de WhatsApp onde umamensagem de voz foi erroneamente postada e permaneceu por alguns minutos. Pedido de desculpas aceito pelo ofendido.

* Os mais de seis mil servidores municipais, uma parte deles trabalhando em casa por home office devido a pandemia do coronavírus, ostentavam um largo sorriso na tarde de ontem. Motivo: pagamento do mês de setembro na conta e vale-alimentação liberado. Aqueles que diziam que a prefeitura não teria recurso para pagar o salário do funcionalismo a partir de agosto, queimaram a língua.

* A moda agora entre os candidatos é fazer live, ou seja, transmissão ao vivo pela internet, falando sobre seus projetos de governo e conversando com aqueles que se dispõem a ouvir e assistir o que estão dizendo. O problema é que essas lives são transmitidas através do facebook para aqueles que fazem parte dos seus grupos de amigos. Resumindo da ópera, falam apenas para os amigos que já são seus eleitores. Ou não?

* O presidente da Comissão de Títulos e Homenagens da Câmara Municipal, vereador Paulo Eustáquio, anunciou ontem que a análise dos requerimentos com indicações de pessoas para serem homenageadas somente serão apreciados após a eleição do dia 15 de novembro. Um balde de água fria em quem estava aguardando as análises antes do pleito eleitoral.

* Rovilson Pimentel, o glorioso “Canjiquinha” de eleições passadas, está cuspindo marimbondos e acusando a administração municipal de ter cometido uma fraude eleitoral. Isso porque como servidor público ele se desincompatibilizou para ser candidato só que não conseguiu legenda e foi obrigado a reassumir sua função na prefeitura. Ocorre que por ter permanecido fora do trabalho ele deixou de receber o pagamento do mês mais o vale alimentação. Em mensagem de voz dirigida a uma jornalista ele fala o bicho contra o comando da administração a quem acusa de malandragem e pilantragem contra sua pessoa.

* Na bronca também está o não menos glorioso candidato a prefeito de outras eleições, o Waldir Inácio. A bronca é contra o comando do seu partido, o PTB, que não incluiu seu nome na relação dos candidatos a uma vaga na Câmara Municipal. E quer saber dos cabeças brancas petebistas qual foi o critério utilizado para a seleção dos candidatos.

* Em Minas Gerais, o número de candidatos para as Câmaras Municipais em todo o Estado chega a 74.404, um recorde. Em Poços de Caldas os candidatos a vereador somam 272, número superior ao registrado na última eleição, enquanto que em algumas cidades a disputa por uma cadeira no legislativo chama ainda mais atenção. Por exemplo, Varginha, com uma população menor do que Poços tem na corrida pelas 15 cadeiras da Câmara Municipal, nada menos do que 399 candidatos.

Hoje será contra o Tupynambás

Hoje será contra o Tupynambás

Depois de um início abaixo do esperado na Série D 2020, a Caldense terá dois jogos seguidos fora de casa para dar a volta por cima e somar pontos. Nesta quarta-feira a Veterana encara o Tupynambás às 20h30 no Estádio Radialista Mário Helênio em Juiz de Fora e depois...

ler mais
CORONAVÍRUS: BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

CORONAVÍRUS: BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Segundo Boletim Epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde de Poços de Caldas, nesta terça, 29 de setembro, são 1235 casos positivos em Poços: destes, 776 pacientes são considerados recuperados, 413 seguem em isolamento domiciliar, seis estão em...

ler mais
Rede de atenção em reabilitação física

Rede de atenção em reabilitação física

Desde o Início da pandemia, os fisioterapeutas da rede pública municipal dos serviços de Reabilitação: Central (Rua Goiás), Leste (anexo ao Hospital da Zona Leste), Sul (anexo ao Núcleo de Especialidades Sul), e atenção asilar, foram direcionados para treinamento e...

ler mais
Retorno da música ao vivo

Retorno da música ao vivo

A partir de amanhã, quinta-feira, está autorizado o retorno das atividades dos músicos em bares, restaurantes e hotéis de Poços de Caldas. A liberação para a volta da atividade artística foi aprovada pelo Comitê Municipal Extraordinário – Covid-19. Ficam autorizadas...

ler mais
Funcionários da Santa Casa participam de palestras

Funcionários da Santa Casa participam de palestras

Na última quinta, 24, alguns funcionários da Santa Casa  participaram de palestras  online sobre saúde mental e segurança da informação. O evento fez parte da ação comunitária denominada ACTION, realizada pelos voluntários da Alcoa. Dentro dessa ação, ainda serão...

ler mais
Vinhos da Epamig voltam a ser premiados

Vinhos da Epamig voltam a ser premiados

Mais uma vez, a produção regional de vinhos finos de inverno ganha espaço nas exigentes adegas internacionais: produtores brasileiros conquistaram novas medalhas em uma das maiores e mais importantes competições de vinhos do mundo, a Decanter World WineAwards. O...

ler mais

CORONAVÍRUS: BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Segundo Boletim Epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde de Poços de Caldas, nesta terça, 29 de setembro, são 1235 casos positivos em Poços: destes, 776 pacientes são considerados recuperados, 413 seguem em isolamento domiciliar, seis estão em Unidade de Terapia Intensiva e cinco em ala ou leito clínico. São 29 novos casos em relação a atualização anterior, realizada nesta segunda, 28.

São 35 óbitos confirmados no município, em função da Covid-19. Dentre os 1235 casos positivos no município, 50,1% se referem a pacientes do sexo masculino. A faixa etária de maior incidência é dos 30 aos 39 anos, que corresponde a 24,2% dos casos. A taxa de ocupação de Unidade de Terapia Intensiva, nesta terça, está em 22,79%. De 57 leitos, são 13 leitos ocupados, sendo seis por pacientes confirmados e residentes em Poços, o que corresponde a 10,52%.

Três leitos, ocupados por pacientes residentes, considerados casos suspeitos, aguardando o diagnóstico, o que corresponde a 5,26%. E quatro leitos ocupados por pacientes de outros municípios, o que corresponde a 7,01% da ocupação, já que a rede hospitalar de Poços também recebe pacientes de outras localidades. Nesta terça, são quatro internações, conforme descrito na taxa de ocupação de UTIs: dois pacientes de Caldas, um de Santa Rita de Caldas e um de Águas Vermelhas. Lembrando que estes casos não são computados nas estatísticas locais referentes aos números de casos positivos, mas já estão incluídos na taxa de ocupação de leitos de UTI, divulgada diariamente no Boletim Epidemiológico.

No total de 57 leitos de UTI disponíveis, constam os 10 leitos do Hospital de Campanha. O Boletim contabiliza 19 óbitos de não residentes. O Boletim também informa que já foram realizados no município, somando as redes pública e privada, 15.438 testes e exames.

Rede de atenção em reabilitação física

Desde o Início da pandemia, os fisioterapeutas da rede pública municipal dos serviços de Reabilitação: Central (Rua Goiás), Leste (anexo ao Hospital da Zona Leste), Sul (anexo ao Núcleo de Especialidades Sul), e atenção asilar, foram direcionados para treinamento e suporte dos serviços de Urgência e Emergência da UPA e do Hospital Municipal Margarita Morales, capacitados para atuar também nestas unidades. Felizmente, a maior parte dos pacientes com Covid-19, consegue superar o período de internação e voltar para casa.

A questão é que em alguns casos, sequelas precisam ser tratadas com o objetivo de recuperação plena e mais qualidade de vida. Os quadros podem apresentar desde pequenas sequelas respiratórias e vasculares até problemas de grandes proporções, como dificuldade de respirar e até a perda de funções motoras. Cansaço, fadiga, falta de ar e redução de capacidade pulmonar estão entre as queixas mais frequentes dos pacientes pós-Covid. Diante desta demanda, a Rede de Atenção em Reabilitação Física está preparada e já vem atendendo a estes casos, que podem ser encaminhados pelas equipes dos hospitais ou pelas unidades básicas de saúde, sempre que verificada esta necessidade.

Nos últimos três meses, 23 pacientes com sequelas decorrentes do Sars-Cov-2, iniciaram tratamento e seguem sendo assistidos. Todas as unidades de reabilitação da Rede Municipal de Saúde contam com profissionais com ampla experiência clínica na área ou que foram capacitados para este trabalho.

Em Poços, a Rede de Atenção em Reabilitação Física é composta por clínicas de fisioterapia, além de ONGs – Organizações Não Governamentais – também custeadas pela Prefeitura e vinculadas ao SUS. O corpo clínico tem profissionais pós-graduados nas principais áreas de atendimento, como ortopedia, fisioterapia cardiorrespiratória, dermatofuncional e neurologia. Para ser atendido é necessária prescrição médica ou de profissionais habilitados pelo SUS de Poços.

O ideal é procurar a unidade básica de saúde mais próxima de casa, para o encaminhamento e acompanhamento deste processo. Após isso, o agendamento é feito por telefone, pela equipe do local onde será oferecido o atendimento. Normalmente, a preferência é encaminhar o paciente para atendimento na clínica mais próxima de onde ele reside. O Serviço Municipal de Reabilitação Física é composto por três clínicas da Secretaria Municipal de Saúde e mais seis clínicas particulares, conveniadas ao SUS Municipal.

Retorno da música ao vivo

A partir de amanhã, quinta-feira, está autorizado o retorno das atividades dos músicos em bares, restaurantes e hotéis de Poços de Caldas. A liberação para a volta da atividade artística foi aprovada pelo Comitê Municipal Extraordinário – Covid-19.

Ficam autorizadas as composições em formatos solo, duo e trio, observando-se sempre a distância de segurança entre os membros. Neste momento, ainda não está permitida a apresentação de bandas.

Para o retorno, os locais de apresentação e os músicos devem adotar uma série de medidas de segurança de forma a evitar a propagação do novo coronavírus:

– É obrigatório o uso de barreira salivar, “faceshield” ou protetor salivar necessária a troca a cada 2 horas de utilização.

– Bares, restaurantes e hotéis devem disponibilizar mesa com álcool em gel 70% e papel toalha no espaço dos músicos.

– A área de apresentação deve ser isolada com fita, com demarcação no chão, a fim de respeitar o distanciamento de 2 metros entre os músicos.

– Os estabelecimentos devem providenciar a higienização e a desinfecção de objetos e locais de circulação dos músicos, além de priorizar a ventilação natural.

– Fica vedado o compartilhamento de qualquer objeto entre os músicos.

– Fica proibida qualquer interação entre os músicos e o público, como aperto de mão, abraços ou saudações.

– No intervalo da apresentação, os estabelecimentos devem providenciar a limpeza e higienização do espaço do músico.

– Todas as demais medidas de segurança previstas aos estabelecimentos deverão se estender aos músicos que estiverem trabalhando no local.

– O músico que apresentar qualquer sintoma gripal deverá se abster de trabalhar.

Todas as medidas de segurança relacionadas ao retorno das atividades dos músicos serão publicadas no Diário Oficial do Município.

Funcionários da Santa Casa participam de palestras

Na última quinta, 24, alguns funcionários da Santa Casa  participaram de palestras  online sobre saúde mental e segurança da informação. O evento fez parte da ação comunitária denominada ACTION, realizada pelos voluntários da Alcoa. Dentro dessa ação, ainda serão doados R$ 10 mil, pelo Instituto Alcoa, para a reforma do solário da Pediatria e, na próxima quarta, 30, às 20h30, acontece uma live em prol do Hospital, com a artista Nany People, direto do New York Pub.

Antes das palestras, o presidente da Alcoa Brasil, Otavio Carvalheira, fez um pronunciamento, onde exaltou o trabalho realizado pela Santa Casa de Poços e parabenizou os voluntários da Alcoa por mais um ACTION. Logo após o pronunciamento do presidente da Alcoa, foi a vez do superintendente da Santa Casa, Ricardo Sá, agradecer esse apoio da Alcoa ao Hospital, que já vem de muito anos.

“Como representante do Hospital, a gente sabe como é difícil administrar uma instituição como a Santa Casa. Fazemos um esforço enorme para obter o melhor possível, apesar das constantes dificuldades. Tem sido uma fase difícil pra gente administrar esse problema da covid, já é difícil administrar recurso de Sus, imagina, ainda por cima, em cima de um período de covid, com toda essa pandemia acontecendo. É graças a instituições como a Alcoa que a gente consegue, aos poucos, ultrapassando todas as dificuldades. Então, só temos a agradecer pelo empenho de todos, por tudo que a Alcoa tem feio ao longo da história da Santa Casa. Estou aqui há apenas seis meses, mas já sei o quanto a Alcoa ajuda historicamente o Hospital. Por isso, temos uma gratidão muito grande e esperamos que esse relacionamento continue por muito tempo”, agradeceu Ricardo Sá.

A primeira palestra, sobre saúde mental, foi ministrada pela gerente de Saúde Ocupacional da Alcoa, Lilian Brandão. Em seguida, foi a vez do Supervisor de Infraestrutura Corporativa de TI da Alcoa, Jonatas Batista, falar sobre segurança da informação.

A equipe de voluntários da Alcoa responsável pelo ACTION é formada por: Anne Silva, Marcel Nardelli, Nayara Freire e Paulo Souza.

Fechar Menu